sábado, 4 de julho de 2020

Carnaval em Holambra e Spaghetti al Sugo Nero di Seppia - Espaguete com Molho de Tinta de Lula



Era um domingo, final de outono, o dia amanheceu frio e úmido, duas mantas me aqueciam na cama. Eu estava feliz com o par de meias quentinho, meias bem grossas e apropriadas para inverno, que havia comprado em uma liquidação, em um tempo que podíamos andar pelas ruas com tranquilidade, sem máscaras e receios. Naquele tempo, podia-se passar o dia inteiro fora de casa sem qualquer preocupação. Os cafés estavam abertos e exalavam perfume de pão de queijo, que embora seja especialidade dos mineiros, em Sampa pode ser encontrado com muita facilidade e na maior parte das vezes, são deliciosos. Gosto daqueles maiores, com miolo cheio de buraquinhos, a casca firme e bem crocante, moreninha, dando todas as indicações de que foi assado no ponto certo. Pão de queijo molengo, deformado ou afundado, branquelo, ninguém merece! 

O maridone tem uma neta que mora em Minas Gerais, quando vamos visitar, chegando no Aeroporto de Confins, tem um café com o pão de queijo que adoro, este 👇


Saí da cama, abri a janela e pelo vidro, observei que as árvores estavam molhadas, bem como a rua. Muito chuva, a noite inteira, segundo meu marido, que acorda até com o som das asas do pernilongo.  Gosto de levantar cedo, há um silêncio no ar que me encanta. Quando o céu está cinza e molhado, nem o som dos passarinhos pode ser escutado. Tudo está em repouso e relaxado. Para um mundo barulhento, apreciar esta quietude, é um privilégio, uma ode à paz! 

Ode à paz na minha casa é o quando o marido é um tudo de felicidade, capricho e parceria! Olhem só o bonitão usando a furadeira, sem fazer sujeira ahaha! Eu peço ele em casamento todos os dias!


Mas, do que eu sinto imensa saudades nesta pandemia? De tomar café da manhã nas padarias de São Paulo. Esta cidade tem uma coleção gabaritada de padarias, para todos os gostos. Nada pode ser melhor do que as padarias de São Paulo. Quando viajo, é a primeira coisa que sinto falta, porque em uma padaria de São Paulo, você vai achar o que quiser. Café da manhã, almoço e jantar, lanches, merendas, cafezinhos, confeitaria, comprinhas de necessidade, muitas vezes até minifeira! Algumas padarias funcionam 24 horas e na época de inverno, tem o famoso Buffet de Sopas completo, com pães artesanais, queijos, sobremesas, etc., para degustar "a la vontè". Tem até Padaria Boutique, para quem gosta de apreciar delícias importadas em geral: cafés, salames, presuntos, licores, massas, vinhos, queijos, etc. Mas eu me contentaria com um "espresso" bem tirado e um pão francês estalando de crocante, canoa (sem miolo), com manteiga aviação, depois vai para a chapa sem amassar ou prensar e "na saída", passa-se requeijão cremoso e o mundo pode acabar. Super diet, vai uma foto para apreciarem:


Mariana está uma mocinha, iniciou o processo da troca dos dentinhos. Este ano não teve a festa do seu aniversário, por conta da pandemia. Os pais explicaram e ela compreendeu bem, foi tranquilo. O aniversário estava planejado, com tudo pago desde janeiro, para acontecer em final de março, mas foi cancelado.  Fez 6 anos, está sentindo falta da escola, dos amiguinhos. Agora faz as atividades escolares em casa e mantém esta parte em boa organização diária. 



Hoje vou apresentar as netas do meu marido, Laura é mineira e tem 6 anos, Manuela é carioca e tem 1 ano. Aguardamos para novembro a chegada da Raíssa. E assim, formamos um belo clubinho feminino de belezuras, todas estão bem, com saúde. 


No carnaval, estivemos em Holambra, cidade no interior de São Paulo. Na época da Segunda Guerra Mundial, muitos imigrantes holandeses se estabeleceram na região e mais tarde foi fundada a cidade, que recebeu o nome de Holambra, a junção dos nomes: Holanda, América e Brasil.

É uma cidade graciosa, o povo muito tranquilo e hospitaleiro. Há uma rua onde as construções mantém fachadas que lembram um pouco aqueles pequenos prédios de Amsterdam, pelo menos tentam, observem na foto: 


A vida gastronômica é interessante. Restaurantes sempre cheios, sendo as mesas nas marquises as mais disputadas. Gostamos de chegar cedo, sempre que possível, de forma que tudo fica mais confortável. 



O Museu Histórico de Holambra é uma visita que recomendo muito, há uma casinha bem ao lado do museu que retrata como era a vida dos imigrantes, na época em que chegaram ao Brasil. 



A guia do museu, uma senhora muito simpática e muito alta para os padrões das mulheres brasileiras, contou toda a história da chegada dos pais ao Brasil, se fosse possível eu ficaria o dia inteiro ouvindo, havia uma riqueza histórica imensa naquelas palavras. A foto da família é acervo do museu e a guia é a garotinha bem à esquerda, loirinha, cabelinho curto 👇

 

É acervo do museu um fogão holandês que achei bonito, também serve como aquecedor, foi doado para o museu pela Família Eltink 👇


Ferros para assar Waffles 👇


E, entre outros objetos da vida diária, um Cortador de Pão 👇


Na foto que segue, tradição holandesa no prato: salsichão (estava excelente, sabor suave, delicado), mostarda escura e salada de batata com ovos cozidos temperados com maionese e mostarda, para quem gosta, um luxo de sabores simples e muito bem combinados! As cervejas um caso à parte, aproveitamos muito. 


A gastronomia holandesa é completamente similar à alemã, mas algumas delícias aparecem com fortes influências tailandesas, já que Holanda e Tailândia estabeleceram relações comerciais. Correção gentilmente enviada pela Mariette do blog Mariette's Back to Basics: fortes influências da Indonésia (e não Tailândia, como eu escrevi). A Indonésia foi colonizada pelo Holandeses por cerca de 350 anos - vide comentário abaixo da querida amiga, o qual agradeço muito). Provei iscas de frango empanadas com gergelim, servidas com molho adocicado a base de soja, estavam deliciosas. 

Confeitaria holandesa, humm... não agradou, porque achamos os doces extremamente açucarados e pesados. Lembrando que falo aqui sobre doces de Holambra e não da Holanda. Provamos em confeitaria e em restaurantes, nada agradou. A Zoet en Zout (tradução do google: Doce e Sal), conhecida como a confeitaria do lago, é um local muito agradável, pelo belo gramado, lago e pela decoração, por sinal, belíssima! Sentamos em uma mesa no gramado, como mostro na foto abaixo, pedimos doces, água e café, foi um momento bem relaxante, aproveitamos. 



Tivemos o prazer de apreciar esta instalação artística em uma bela alameda no centro de Holambra, em uma noite, após o jantar. Fiz um vídeo, pois o efeito é muito bonito:  


Agora, estamos na parte mais alta do Moinho Povos Unidos, também uma visita interessante, uma aventura na verdade. 



Cliquem para ver o vídeo do moinho: 



Porém, não recomendo a visita ao moinho para todos, porque as escadas não são fáceis e para descer, puxa... considero até um pouco perigosa. É muito inclinada 👇



Holambra termina aqui e como é a cidade das flores, deixo algumas que fotografei 👇 comprei um vaso com cactos, lindos! Amo cactos! E até agora estou acertando nas regas, pois afogava todos. 



E receita vai para os amantes das delícias do mar -  Spaghetti al Sugo Nero di Seppia 🥂🦑 


Quando estive em Veneza, provei o "nero di seppia" e amei, que é a tinta da lula. Que delícia! Degustei com pasta e com polenta. 

Um dia encontrei sachês de "nero di seppia" em um mercado de produtos importados. Comprei imediatamente, preço muito acessível, tendo em vista ser importado. Pode ser adquirido, também, em lojas online. É este, um sachê dá perfeitamente para duas pessoas: 


Tudo muito fácil e rápido de fazer. O espaguete é branco, de grano duro, digo isso, porque tem pastas que são negras, sendo que a pasta já vem com o "nero di seppia" na composição. Cuidado, porque algumas pastas usam corantes. 

Wok no fogo suave, azeite de oliva, alho pequeno ralado, deixe fritar sem escurecer, na sequência rodelas de pimenta dedo-de-moça, depois tomates frescos e maduros em pedaços ou pedaços de pelati (sem exagerar, observe na foto, não tem tomates em abundância), refogar um pouquinho e juntar a lula em pedaços. Hora de salgar, sem exagerar, porque os frutos do mar já são salgados naturalmente. Quando a lula pegar cor, juntar um copo de vinho branco seco e seguir até ficar macia (tampe a panela), aproximadamente meia hora, fogo médio/suave, mexendo algumas vezes. Sem deixar o molho secar, junte o sachê de "nero di seppia", misture, apague a chama e termine com salsinha e pimenta do reino ralada. Neste tempo, a pasta que já está cozida (você deve calcular o tempo para cozinhar a pasta em paralelo com o molho, terminado dois minutos antes do tempo indicado no pacote), vai para a panela com o molho de "nero di seppia" e sem precisar escorrer, assim: pegue a pasta com um pegador direto para a panela, misture tudo em fogo baixo e após dois minutos, está pronto. Agora você pode terminar o vinho branco seco que abriu para fazer este prato 🥂🍾 👌


Nas fotos que seguem, apresento o "nero di seppia" que fiz com mexilhões, mas neste caso, a tinta da lula estava na pasta, que já era negra, o molho não. Em Veneza a experiência foi com o "nero di seppia" fresco, aquela bolsinha com tinta dentro da lula foi estourada na confecção do prato, então, caríssimos, muito melhor ainda! Mas tudo está valendo, eu gosto das diversas experiências que a vida oferece, só agradeço e aproveito cada pedacinho com felicidade. 

Foram "Linguine do Grano Duro e Nero di Seppia", vieram de presente para mim, de Pisa/Toscana. O molho foi feito com azeite de oliva, alho, mexilhões, pimenta do reino ralada no momento, umas rodelas de pimenta dedo-de-moça, salsinha, vinho branco seco e pouquíssimo sal. Observem nas fotos,  a apresentação é mais bonita, até porque, o mexilhão na concha tem uma bela aparência: 


O segredo: quando você for abrir as conchas do mexilhão, um processo simples e rápido, coar e reservar a água do cozimento, que está completamente ampla de sabores. E vai ser usada para fazer o molho deste prato, sublime! Una vera poesia!


Termino a minha conversa por aqui, deixando a todos um forte abraço, beijinhos, carinhos e muito obrigado a todos os queridos que preocupados comigo, escreveram pedindo notícias. Está tudo bem. 

Desejo o melhor para todos, incluindo familiares e queridos. Saúde para todos nós! 






19 comentários:

  1. Bom dia de Domingo, querida amiga Maria Glória!
    Fico impressionada com sua capacidade de falar tão abrangentemente de seus dias, com tanta beleza exposta.
    Sua netinha está um doce encanto.
    Nem me fale de confeitarias paulistanas que, recomendada por você, fui cheia de vontade de saborear quitutes e estava fechada por ser Domingo, para tristeza minha que não havia consultado antes.
    Holambra é um pedacinho do céu. Amei uma única vez que fomos lá, tudo muito florido com beleza rara e os tamancos adornam todo canto.
    Tenha dias melhores após a quarentena que se estendeu e nos fez vivermos retirados há quase quatro meses.
    Saúde para você né seus queridos, amiga.
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir
  2. Que família bonita!
    Uma boa semana com muita saúde.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  3. Dearest Maria Glória,
    What a surprise to read this post about some Dutch people that fled after WWII to your part of the world.
    They actually came from my neighboring Province, both from the deep South of the Netherlands. You never say Holland as that is just another Province and NOT the country. In the West there is North Holland (with Amsterdam as its capital) and South Holland with Rotterdam (harbor) as its capital. You got one fact wrong. The Dutch had no ties with Thailand but it was Indonesia that got colonized by the Dutch for some 350 years. All over the Netherlands you find in every city Indonesian restaurants and their food is not that spicy. The Indonesian sweet soya is thick and syrup like, compared to the thin and salty Japanese soy sauce.
    Compared with the sweets and desserts in the USA, Dutch taste is by far not as sweet as here! All Dutch recipes use far less sugar, compared to US recipes.
    Don't know if your country is a 'sweet-loving' country, it might have been adapted to it.
    Yes, that stair case looked indeed very steep and IS dangerous.
    Glad you both got to travel to see your husband's two granddaughters.
    Hugs,
    Mariette

    ResponderExcluir
  4. Nem sei por onde começar.
    Bueno! Bom dia caríssima Maria Glória que muita saúde e alegria estejam dentro desta família adorável e de belas netas. Aliás, a Marianinha está uma mocinha.
    O Fábio, também contratou e pagou a festa de um aninho da Milena ao terceiro mês, porém agora nada será feito, pois em primeiro lugar vem a saúde. Faremos depois.
    Fico maravilhado com a atual Holambra, já que se vão quarenta anos que lá estive. Nada mais conheço e também fiquei maravilhado com o cuidado de Dom Luiz para fazer um serviço com a furadeira. Se eu vou fazer um serviço assim, aposto, que até a casa do vizinho fica empoeirada.
    As padas de Sumpaulo são conhecidas acho eu que no mundo inteiro. Gosto daquele sanduba que exageram na mortadela e vêm um pãozinho com trocentos quilos de mortadela. Beleza.
    Achei teu post maravilhoso, principalmente por conta dos mexilhões.
    Caríssima, transmita abraços a todos os teus e dois especiais para ti e para o Dom Luiz. Beijinhos para as menininhas.
    Saúde e alegria a todos.
    Cá deste frio e umidade do sul.
    Deves ter acompanhado as trágicas notícias do meu Rio Grande, com ventos, inundações e destruição de muitas cidades e o frio segue a nos castigar. Sem esquecer do ciclone bomba em Santa Catarina.
    Um abração.

    ResponderExcluir
  5. Dearest Maria Glória,
    Well, we both do have an Indonesian foster daughter as well.
    Both of us have lived and worked in Indonesia for some three years and did further consulting for years, each visit about three weeks. In total we together made 21 trips to Indonesia; for work that is!
    Oh, the food is heaven...
    Hugs,
    Mariette

    ResponderExcluir
  6. Boa noite de sábado, querida amiga Maria Glória!
    Hoje vim sentir o cheirinho do pão de queijo...
    Ver a torta de Holambra que também adorei comer por lá...
    A cada passadinha por aqui, uma delícia e enriquecimento.
    Tenha um domingo abençoado!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir
  7. Olá Maria Glória
    Não imaginas o quanto foi bom receber teus comentários, rimos, lacrimejamos e nos alegramos com cada palavra. Todos foram respondidos. Foi beleza, pois ontem foi um dia meio louco. Depois de dias enfrentando uma friaca doida, com temperaturas despencando abaixo de zero e em algumas regiões com a sensação de menos 10º, tivemos ontem um dia louco, frio pela manhã e quente a tarde e o Sol nos brindava com mais calor, de não poder ficar muito tempo exposto, porém a umidade registrada foi de 98%. Umidade Amazônica. Em nosso apartamento escorria água pelas paredes. Banheiros, área de serviço e cozinha a umidade, umidade não a água empoçava, principalmente junto às paredes. Franco, o nosso filhão mais velho, foi às compras e quando descarregava o carro fui até o elevador para pegá-las. Nossa! O corredor do edifício estava simplesmente alagado e isto que nos moramos no terceiro andar.
    Infelizmente não tivemos contato direto com ele, só de longe e para ficar registrado tirei uma foto dele do terceiro andar. Pelo menos para matar a saudade.
    Hoje o dia amanheceu ensolarado e pela movimentação das formiguinhas teremos um dia estável e provavelmente quente, pois agora, passando das 11hs os termômetros estão marcando 23º.
    Caríssima amiga de São Paulo, abraços e beijos a todos e um belíssimo domingo.

    ResponderExcluir
  8. UAU! Que bom te ver! beleza de prato esse e as meninas são lindas... Um passeio maravilhoso entre pratos, flores e crianças que conquistam. Estava com saudades! beijos, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  9. Peço licença às meninas para dizer pra
    Glorinha que finalmente encontrei alguém
    que concordasse comigo no que diz respeito
    o enfadonho ócio de um lugar onde tudo
    é branco, e não azul como diz e nem música
    tem que não seja erudita. Não tem assédio
    para fazer o pessoal se cuidar, pelo menos
    não vejo alguém com toalha no ombro
    saindo do banheiro. Enfim criançada,
    um beijo pra todas vocês e outro pra dona
    da casa.
    Glorinha, feliz final de domingo.

    ResponderExcluir
  10. Glorinha querida
    Só há dias me apercebi que tinhas voltado ao blogue. E voltaste em grande força!
    A descrição desse friozinho todo fez-me sentir ainda mais calor, agora que estamos aqui com quase 40 graus – nalguns lugares passa dos 40. Hoje, por exemplo, está sufocante.
    Esse pãozinho com queijo tem um aspecto que faz salivar, só de ver. Gosto tanto! Gosto muito também de pão, simplesmente pão, e gosto muito de queijo(s). Portanto… os dois juntos = delícia!
    São Paulo deve ser uma cidade maravilhosa. Tenho bastantes familiares a viverem lá – uma cunhada, vários sobrinhos e sobrinhos netos… (e também no feminino 😊 ). Gostava de lá ir, a minha cunhada farta-se de me convidar… mas ainda não deu.
    Agora não vou dizer mais nada porque esta postagem requer uma dúzia de comentários !
    Voltarei para conversarmos mais um pouquinho. Mas não vou sem dizer que as fotos da Mariana estão um espanto!
    Adorei Holambra! Mas depois falaremos a respeito.
    Cuida-te, meu amor. Protege-te, a ti e a toda a tua família.
    Beijos mil e até breve.

    Feliz resto de Terça-feira e uma boa semana.
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
  11. Always nice to visit your blog, dear friend ! I really like visiting museums! You provided a lot of interesting information about the historical museum!
    These dishes look very appetizing!
    I wish you all the best !
    Greetings

    ResponderExcluir
  12. Oi, María Glória!
    Fiquei feliz ao ver seu comentário no meu espaço e ver aqui nova postagem. Você andou sumida, mas o importante é que está bem.
    Quanta coisa interessante no seu post. Sua neta é linda, adorei a foto dela com a calopsita. As netas do marido também são uma graça, crianças sempre encantam nossa vida.
    Eu também gosto de pão de queijo mais crocante, com um café passado na hora é tudo de bom.

    Um abraço, desejo que tudo esteja muito bem com você e família.

    Sônia

    ResponderExcluir
  13. Hum, a menina voltou?? Faz tempo, hein Maria Glória! Saudades de você!! Vi tudinho, agora nesse pandemônio estou fazendo umas coisinhas gostosas, pois virei cozinheira, lavadeira, faxineira... Nossa Senhora, amiga!!! Aqui, até pós vacina, não entra ninguém! Nunca sabemos realmente como estão as coisas, há tantos interesses! Então é bom não nos arriscarmos. Se entrarmos num hospital, o vírus está lá, olhando para a próxima vítima.
    Também adoro esses pães de queijo, são enormes e fofinhos. Não sei o que acontece, compro uns 10 pães de queijo, congelo e quando coloco no microondas, eles saem molezinhos, 10 minutos endureceram que tive de jogar fora para ninguém quebrar dente. fora.
    As crianças estão lindas, como crescem.
    Querida, desejo muita saúde pra você e tua família, e não precisa ficar tanto tempo sem dar o ar da tua graça!!!
    Beijinho, até mais!

    ResponderExcluir
  14. Olá Maria Glória, espero que vcs estejam bem nestes tempos estranhos que vivemos. Adoro pão de queijo, e o mineiro é particularmente saboroso. Mas o que me fez babar foi esse Linguine do Grano Duro e Nero di Seppia. Comi muito disso na última viagem a Itália e que saudades (não só da comida mas também de viajar).
    Enfim, por agora só podemos dar pequenos passeios, mas em Portugal. Haja resiliência.
    Abraço, fiquem bem e com saúde
    Ruthia d' O Berço do Mundo

    P.S. Que lindas as netinhas.

    ResponderExcluir
  15. Olá Maria Glória, Olá Dom Luiz.
    Passei por aqui principalmente para saber de vocês e ver se havia uma nova publicação. Andamos apreensivos com este estado de coisas que ocorrem no Brasil, não somente no meio da saúde como nos desmandos desta Nação. Horrível.
    Também para deixar um grande e carinhoso abraço aos amigos desta bela São Paulo.
    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Boa tarde de setembro, querida amiga Maria Glória!
    Como está passando?
    Estamos um pouco melhor na questão da Pandemia, espero que esteja aí...
    Gosto de rever Holambra... Tão bonito tudo por lá.
    Tenha dias abençoados!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir
  17. olá amiga passei por aqui tentando saber se está tudo bem
    e deixando votos de muita saúde, paz e alegria apesar dos momentos preocupantes
    que vivemos e da saudade de passear de maneira descontraída, parando nas pastelarias,
    tomando o café da manhã no meio de ambientes fraternos e alegres!!!
    pois é muita coisa para ler neste post tão completo e feito com carinho
    os leitores apreciam e sou uma delas que irei regressar para visualizar os vídeos!
    o almoço está na mesa e não aguento com essas imagens de refeições tão saborosas1
    até mais tarde, beijinhos
    Angela

    ResponderExcluir
  18. Boa noite de domingo, Maria Glória!
    Sinto sua falta, está bem?
    Vamos amenizando situação de Pandemia com. Esperança.
    Tenha um novembro abençoado!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir
  19. Que postagem linda e rica em cultura, sentimentos e culinária. Família maravilhosa, parabéns!
    Abraços fraternos!

    ResponderExcluir