segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Uma Família de Pernilongos - Pão Trançado com Manteiga de Amendoim




Era uma vez um dia qualquer de verão, dia tranquilo e alegre na casa da Maria Glória. Então anoiteceu e, após as 22:00, ela foi dormir feliz. Mas as tais enfeitiçantes felicidade e tranquilidade, duraram tão pouco tempo...

Maria Glória perdeu seu precioso sono! Maria Glória não estava mais feliz! Estava muito incomodada com o exagerado calor e com uma picada (acreditem: na planta do pé), de um pernilongo inconveniente e sem graça. Pernilongo inconveniente não é pleonasmo?

A incomodada Maria Glória saiu da cama por volta de 01:30 da MADRUGADA, arrancou o lençol (estava irritada) que cobria seu precioso corpo, caminhou até a cozinha e devorou uma Nhá Benta, que ganhou do seu maridex, na tarde daquele dia que fora tão feliz! Agora Maria Gloria está mais calma e foi vista, por uma FELIZ família de pernilongos, andando pela casa a procura da pomada antialérgica e, também, a procura de seu estimado e perdido sono...

Maria Gloria dormiu muito pouco naquela noite e deseja com todas as suas forças a chegada do Outono, que ela acha confortável, equilibrado e, sobretudo, uma estação feliz!

Para quem não conhece, a Nhá Benta é um doce que lembra a infância de Maria Glória, com marshmallow ou merengue, coberto com chocolate ao leite. Dizem que a Nhá Benta foi criada por um austríaco por volta do ano de 1950, na Dinamarca.

Maria Glória comeu a sua deliciosa Nhá Benta gelada! Foram instantes tão felizes...



Na tarde seguinte, Maria Glória novamente feliz, ficou a ouvir Frank Sinatra...


...e inspirada pelo canto, foi fazer para o café das 17 horas, um Pão Trançado, que mais parecia um biscoito recheado com Manteiga de Amendoim.



Muito fácil de fazer, pode ser recheado, também, com Nutella.

Para a massa:
1 + 2/3 xícaras de farinha de trigo,
2/3 xícara de leite morno,
1 colher de chá rasa de fermento biológico seco,
2 colheres de sopa de açúcar,
1 colher de sopa de manteiga em temperatura ambiente e
pitada de sal (se a manteiga for salgada, dispense o sal).

Para o recheio:
manteiga de amendoim ou a criatividade.

Misture os secos, incluindo o fermento, faça um vulcão com a mistura e no centro, acrescente o leite morno e a manteiga. Agregue tudo com as mãos, sove a massa por quase 10 minutos. Leve para um local sem ventilação, pode ser o microondas desligado e deixe por lá, tampada com uma pano, para crescer por 1 hora.

Após este tempo, tire a massa e abra com um rolo, por cima de papel vegetal ou não, como for o seu melhor jeito. O papel vegetal vai facilitar transportar o pão trançado para a assadeira. Forme um retângulo com a massa. No centro, recheie com colheradas generosas de manteiga de amendoim e nas laterais, faça cortes enviesados, inclinados para cima. Depois trance as tiras, cuidando para fechar as duas extremidades do pão. Pincele com gema batida misturada com um pouco de azeite, para que fique um resultado brilhante. Deixe descansar em local sem ventilação, por meia hora.

Aqueça o forno a temperatura de 180º e após o tempo de descanso, polvilhe açúcar cristal por cima do pão. Leve para assar até dourar. Está prontinho. Deixe descansando, se quiser, por cima de uma grade, até esfriar, para que a base fique firme e seca, com mostra na segunda foto do pão trançado.

Em substituição ao açúcar cristal, pode-se regar, após o pão ter saído do forno, com uma mistura de 1/4 de xícara de açúcar e cerca de 1 colher de leite, formando uma calda bem densa. Porém, esta calda eu anda não testei, pois gosto muito do efeito do açúcar cristal. Qualquer dia experimentarei. 

Por aqui, despeço-me deixando um café aromático e cremoso, um beijinho e um até breve...





66 comentários:

  1. Olá Maria,estes malditos pernilongo reporta-me as férias de verão da minha infância. Tudo era maravilho, a praia, a comida, os amigos mas dormi era um tormento por conta destes malditos. Nhá Benta vende cá em todos supermercado é mesmo uma delícia. Este teu pão está a apetecer agora com um café ,muito obrigada por partilhar. Querida, meu desejo q tenhas uma feliz semana, beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Agora sou eu que vou ouvir Frank Sinatra no trem,delícia,obrigada. beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Que história linda, tão bem contada. Pena o pernilongo e sua família,rs... Haja coisinha chata,não?

    E anhá benta adoçou o humor! Mas o pão? Noooooooooossa... Esse chá das 17 valeu e foi o máximo.... Ótima receita e lindo pão apresentado! ADOREI! BJS, TUUUUUUUUUUDO DE BOM E SEM MOSQUITOS! CHICA

    ResponderExcluir
  4. Adorei, e como rendeu a madrugada da Maria Glória...bem que gostaria que vieese dormir uma noite
    aqui em casa ..hehehhe
    Nha benta gelada, Frank Sinatra e pão trançada ....ai jesuiss! muito bom.

    bjssss

    ResponderExcluir
  5. Oi Gloria Maria!
    Eu amo sorvete. Infelizmente, para mim, de inverno e em vez geladas - 17° C
    Este bolo parece muito apetitoso. Eu escrevi de volta uma disposição, mas não vai ser o original, porque no meu país não há manteiga de amendoim.
    I enviar saudações da Polônia.
    Lucja

    ResponderExcluir
  6. Delícia ouvir seu post ao som de Frank...
    Essa é só uma das razões por eu não gostar do verão. Cada picada vira uma laranja em mim. E até andando no quintal, não tenho sossego. Eles picam por cima do repelente, acredita! Assim como você, não vejo a hora da chegada do Outono, meu Outono tão amado...
    Esse doce tinha a marca Dan-Top quando eu era criança e vendia numa caixa com 10, acho. Depois sumiu, mas eu amo. Marido falou que ele conhecia por Teta de Nega e que ele comprava nas vendinhas, quando criança. Com um nome ou outro, é delícia garantida.
    Seu pão deu água na boca e com um cafezinho então... humm...

    Abraços e feliz dia.

    ResponderExcluir
  7. Esse pão trançado tem um aspeto divinal :)
    Beijinho

    ResponderExcluir
  8. Maria da Glória, voltei pra te agradecer TOOOOOOOOOOODOS os lindos carinhos por lá! Adoro! E aproveitei e dei uma dentada nesse convidativo pão,rs... bjs, chica

    ResponderExcluir
  9. Era uma vez uma menina, que certa noite, de verão, claro, não conseguia dormir, pke um pernilongo foi picar na plantinha do pé dela, e então pra que a dor amenizasse, e como sua mamãe está vivendo no paraíso, desde há algum tempo, não podendo, por isso, lhe dar aquele beijo mágico, que cura, de imediato, qualquer dor, que a criança apresente, ou diga sentir, ela se socorreu de um senhor doce, que teve logo influência benéfica sobre a incomodativa dor, que nem a deixou dormir feliz e sossegadinha (ah, o poder k as coisas doces têm em nós)!
    Aqui, pra nós, que ninguém nos ouve, nem lê (rs), a menininha, se quis "vingar" do mosquito altão, com pernona longona, e nada melhor pra a vingação, que adocicar sua dor com uma Nhá Benta gelada, que a "benzeu", de vez (rs). Creio, contudo, que ela desconhecia que não foi um pernilongo k a picou, mas uma sra. fêmea, pke só elas têm essa capacidade e possibilidade e o fazem para sugar sangue, que serve para a reprodução da espécie. Macho, não tem inteligência para tal, acrescento.

    Docinha, ela ficou feliz e ao som de Frank Sinatra, que dizia, cantando, "me chama", não à pernilonga, obviamente, mas ao seu amor, ela até pensou que o outono tinha chegado, inesperadamente, assim, fora do calendário, e então aí a felicidade e a tranquilidade voltaram a 100% e lembrou seus tempos de criança, naturalmente.

    Em Portugal, o vocábulo pernilongo não existe, mas temos mosquitos de perna longa, mas em pequena quantidade e k só na transição do final de verão para o outono, aparecem por cá.

    E a inspiração foi continuando e a "arrastou" até à cozinha, onde preparou um dos seus manjares, que pelas fotos, acho divino, pke eu gosto de tudo que seja pão ou k leve pão (ou não fosse eu do Alentejo)! Já comi, virtualmente, um tantão dessa preciosa iguaria, e me sinto de barriguinha bem consolada. OBRIGADA, querida Glorinha!

    Gosto mto da maneira como escreves e descreves teus estados de alma, aquilo que, naturalmente, te sucedeu ou vai sucedendo, pke eu sei que tu és genuína e não obedeces a "regras", nem estereótipos.

    Mais uma vez, estive aqui, com mto gosto, e adorei ler tua alma.

    Beijinhos, flores e mto pãozinho desse pra animar esse verão k tanto te atormenta.

    ResponderExcluir
  10. Picadas de insetos são sempre super desagradáveis, mas um docinho sempre ajuda a esquecer.
    Adorei ouvir o Frank Sinatra.
    O pão trançado tem um aspeto delicioso e acompanhado de um cafézinho, mas que maravilha.
    Beijinhos minha amiga
    Maria

    ResponderExcluir
  11. Hoje passei meio fora de horas, só para deixar um beijinho!
    Por estes dias ando ocupada com consultas e exames de rotina da minha mãe... não havendo novidade, conto, entre sexta feira ou sábado vir apreciar devidamente os seus últimos posts que me escaparam, Gloria!
    Acho que o doce Nhá Benta... será o mesmo, que eu adorava quando miúda... e que por cá se chamava de Bombokas... igualzinho!!!
    Beijinhos!
    Ana

    ResponderExcluir
  12. Bem me parecia que a Glória me vinha desinquietar com tentações pantagruélicas...
    Que beleza! Tanto assim que roubei, porém, envergonhado. Muito bem escrito e apresentada a receita.
    E a saga dos pernilongas!? Não me digas dessas picadas...que estou vacinado por esses matreiros. Só aqui para nós, que ninguém nos ouve: aconteceu que eu dormia vestido e calçado de camuflado e botifarras, debaixo de um maldito mosquiteiro, mas, os gajos encontravam forma de entrar e picar. Isto na tropa, num local onde havia água por todo o lado: rio, valas de irrigação, charcos, and so on. E cana de açúcar. Tanta gente a adoçar-se e tanta a amargar-se, amargurar-se com o pernilonga!
    Um beijo, Glória, e continua, assim, bem-disposta.

    ResponderExcluir
  13. Madrugada ... e eu ouvindo o Frank, quero dançar, mas não.
    Vai que me desperta e preciso dormir, rs
    Lindo Call me
    obrigada!
    Mas vamos aos mosquitos ou pernilongos. Danadinhos! que nos tiram o sono e nos picam sem piedade !
    Sabia que se não tiver a pomada, podes esfregar um dente de alho ? Alivia na hora ! e nem fica malcheiroso . Bem, eu só passo alho nas picadas, então o cheiro não me incomoda, kkk
    Acho que o alho não combinaria com teu Nha Benta saboroso ! Chego a imaginar que o mosquito queria era te convidar pra comer um doce gostoso no meio da noite ! Rs

    Glória, esse teu pão é convidativo para um chá das cinco. Não importa a temperatura, um pão como esse aliado a uma bebida é sempre delicioso e convidativo. Adoro manteiga de amendoim.

    Vou me despedindo, sem antes, ouvir mais um pouquinho do Frank
    e vou ali dançando para a entrega do sono

    bjs



    ResponderExcluir
  14. Bom dia Maria,
    Lamento pela noite mal dormida, de facto não é nada agradável, ainda por cima a junção de picadas e calor! Compensou pela iguaria tardia e no dia seguinte, Hummmm, que delícia, até fiquei com água na boca! =)
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  15. Boa tarde Maria da Glória,
    Que maçada essa dos pernilongos que tiram o sono. Só um já é desagradável, uma família deles, que coisa! É demais.
    Nada como um docinho para compensar.
    O pão trançado está com óptimo aspecto e aqui se aproxima a hora do lanche;))!!
    Um beijinho e bom fim de semana.
    Ailime

    ResponderExcluir
  16. Malditos pernilongos! Ainda se eles, com tão avantajados membros, se prestassem a dar voltas à massa, mas não!, apenas amassam a nossa cabeça! :)
    Prestei atenção à receita do pão entrançado, mas ainda não me sinto suficientemente pernilongo para dar braços a tal empreitada. Mas ficou-me na retina, ó se ficou!

    Um abraço, Maria da Glória :)

    ResponderExcluir
  17. Glorinha, minha querida
    Não preciso referir a minha falta de tempo...
    Por isso não vou comentar este teu post que, muito honestamente, nem sequer li, a não ser o título.
    Mas eu volto, podes escrever! Se não vier amanhã venho na segunda feira.
    Só a título de informação: as minhas pernas vão melhorando, mas muito lentamente. Por exemplo, hoje, que não fui ao tratamento, doem-me bastante e estão inchadas. Mas vai passar e em breve vou correr a maratona... :)))
    Por agora deixo-te um montão de carinhos e abraços.

    Bom Fim-de-semana
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
  18. gostei do teu post Maria Glória
    está giríssimo
    penso que nós chamamos bombocas a esses docinhos com chocolate na parte de fora forradinhos de massinha doce branca, já não estão tanto na moda por agora !
    mas esses bolinhos enrolados têm apresentação de encanto para as papilas gustativas !
    hoje fui tirar fotografias das amendoeiras em flor! estão lindas no mês de janeiro portanto estou um pouco atrasada e ja choveu o que as suas pétalas delicadas não aguentam muito !
    abraço
    Angela

    ResponderExcluir
  19. Ai esse pão trançado... com recheio... babando aqui deste lado!!!!
    Infelizmente estou um pouco arredada dos doces... como a minha mãe está sempre, com os diabetes no limite... os doces... só nos visitam muito de quando em vez, para não haver tentações...
    Pernilongos... que bichinho mais irritante... como moro numa área campestre... quando abro uma janela... é certinho... ou entra mosca ou pernilongo!... Não há falha possível!... ;-)
    Confesso que não conhecia essa faixa musical de Frank Sinatra... a VOZ... sempre intemporal...
    Adorei o post... com seu início atribulado, pelo inconveniente pernilongo... e a descrição na terceira pessoa... impossível não sorrir...
    Apreciando bem de perto a Nhá Benta... só podem ser as tais Bombokas que já tinha falado, no outro dia, e que adorava, quando era criança!... Iguais!!!!
    Deixei de as comprar em supermercado... pelo menos por cá... quando a gente começa a ler a composição... é como as Oreo... só ingredientes começados por E com uma série de números à frente...
    Beijinhos, Gloria! Esperando que o calor por aí, vá dando umas tréguas de quando em vez... sabendo que a Gloria não suporta nada bem esta época...
    Tudo de bom! Feliz semana!
    Ana

    ResponderExcluir
  20. Olá, Bambinita, linda!

    Estou salivando e não sei bem qual o motivo (risos). Será doença, problema das ou nas glândulas salivares? Nossa, se for, como é que eu como seu pão trançado e as Nhá Bentas (por mim, estão mais do k benzidas), k se assemelham na forma e tb na matéria, por serem de chocolate, às bombocas (boas pra boca, pois) portuguesas, que só comi uma vez e que não eram geladas. Minha mãe ficou estupefacta, por eu não ter gostado do doce tão em voga, que até vinha numa caixinha, mas eu sempre fui um tantão diferente.
    Sabes k até surgiu uma banda feminina, em Portugal, como esse nome? Vês, bombocas até dá música (rs).

    Hoje, estive escutando Frank Sinatra em "Strangers in the Night" e nem imagina como minha imaginação dançou e rodopiou, e tanto assim que comecei a escrever umas frases, que talvez façam algum sentido, mas amanhã, talvez já pense o contrário, pke todos os dias eu mudo, aliás, eu preciso, eu tenho necessidade de mudar, de ter meu tempo e espaço (sei de uma grande amiga minha, k tb é assim (rs), mas, claro não vou aqui dizer o nome dela, embora não seja segredo, mas é uma questão de Ética.

    Fiquei mto feliz com tuas palavras lá no blog e com teus votos, k triplico.

    Te desejo uma semana fresquinha, com mta paz, luz e amor.

    Beijinhos, Glorinha, minha amiga!

    ResponderExcluir
  21. Según cuentas, los pernilongos deben vivir en el verano felices y haciendo de las suyas, es decir, picando sin saber a quién lo hacen y molestando hasta el extremo de no dejarte dormir.
    En esta tierra, lo que abunda en verano, es una especie de insecto que se le conoce con el nombre de cínife y prepara una roncha roja en la piel que pica muchísimo y si te rascas, es peor el remedio que la enfermedad, es más, las pomadas para prevenir esas picaduras no hacen nada.
    Pero lo que si me ha gustado es ese postre que acabas de hacer, con un café calentito, aquí hace mucho frío y viento, tiene que estar delicioso.
    Me quedo un ratito escuchando esa bonita canción de Sinatra.
    Te deseo una muy feliz semana.
    Cariños en abrazos.
    kasioles

    ResponderExcluir
  22. Boa noite, querida amiga Glória!
    Que pão matavilhosó! Sua cozinha deve ter uma frequência cheia de paz e amor por isso só faz delícias apetitosas...
    Vou testar no fim de semana...
    Onde estou, nao tem pernilongos... aí da bem!
    Bom muito fraterno

    ResponderExcluir
  23. Olá querida Glória. Um grande abraço e felicidades pra vc também. O verão realmente castiga...eis a razão de tirarmos "férias criativas"...não há musa que nos consiga inspirar nesse calor africano que nos rodeia. Que venha logo o outono!
    Feliz semana!
    B&G

    ResponderExcluir
  24. Oi, Maria Gloria!
    Esses pernilongos tiram mesmo o sono, também eu gosto do outono.
    Nhá Benta me lembra infância, uma delícia.
    A receita de hoje é simples de executar e parece combinar muito com um cafezinho.
    Desejo que tenha um ótimo dia.
    Sônia

    ResponderExcluir
  25. OLá Maria Glória, estou voltando de férias e vim conferir as novidades...
    Puxa, que receita deliciosa! E a foto ficou ótima, super apetitoso.
    Eu também sou uma mulher de meia estação. Adoro Primavera e Outono.
    Bjs

    ResponderExcluir
  26. Glorinha, ninguém no mundo odeia mais mosquitos e melgas do que eu que hiperalergica reajo de forma brutal com feridas na pelee febre alta - um horror!
    Babei com esse pãozinho trança.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  27. Agradezco muchísimo tus cariñosas letras en mi espacio.
    Es gratificante sertirse querida y acompañada por tus buenos sentimientos, la distancia no es obstáculo para que lleguen a mi corazón.
    Cariños en abrazos.
    kasioles

    ResponderExcluir
  28. Te deseo que tú también tengas dulces sueños.Muchas gracias.
    Casualmente me retiraba a dormir, aquí son más de las doce de la madrugada, no hace viento y espero poder dormir tranquilamente.
    Más cariños.
    kasioles

    ResponderExcluir
  29. Ai, no momento estou te odiando taaaanto... Esse pão trançado ficou chamando meu nome, eu querendo tanto ele, mas aqui em casa abolimos açúcar e farinha, uma tal dieta low carb, e teu pãozinho ficou me judiando muito...

    Você não usa aqueles (aqui em casa os chamamos de pernilongueiros) inseticidas de colocar na tomada? Não os de pastilha, os de líquido... Uso há mais de 30 anos, meus filhos cresceram com aquilo, não vivemos sem - imagine, casa com jardim cheio de plantas, prá fora da porta é um enxame dessas criaturas horríveis, mas dentro de casa é um sossego.

    Ah, e quando pernilongo pica, prá parar de coçar passa esmalte de unha em cima - para de coçar na hora, parece mágica. Eu uso incolor, mas na falta, já usei até colorido...

    Beijos, Maria Glória malvada, tô nem aí prá tua nhá benta, foi suplantada pelo pão na escala de gostosura.

    ResponderExcluir
  30. Este pan trenzado tiene muy buen aspecto, para un buen desayuno o merienda son de los que a mi me gustan, pero intento no darle mucho a la masa.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  31. Looks delicious..
    We call "Nhá Benta" here in Finland the Kiss of Negro.
    Have a very nice weekend.

    ResponderExcluir
  32. Glorinha, minha querida
    Porque hoje é Sábado... :))) é suposto haver um pouco mais de tempo livre. É suposto, apenas...porque na realidade é aquele dia que, por não haver tarefas obrigatórias, aproveitamos para fazer aquelas coisinhas que nos outros dias não temos tempo para fazer...
    Resultado, estamos mais ocupadas do que nos dias de tarefas obrigatórias = fazer almoço para a filha, fazer jantar para o filho e a neta (que dorme cá em casa) arrumar a casa (quarto, cozinha, pôr louça na máquina, roupa na máquina...)- ufa!... já estou cansada só de enumerar... :)))
    No fim de tudo isto o que é que eu pretendia dizer mesmo? Ah! que tinha tido tempo, finalmente, para ler a sua postagem.
    Sem favor, tenho que dizer a verdade: adoro a sua maneira de escrever.
    E, desculpe a franqueza,mas tive mesmo que rir. Essa do pernilongo "postar" um beijo violento no seu pezinho... foi demais! E depois, perambolando pela casa sendo observada pela "família pernilonga"... é de mestre!
    Adorei!
    A receita parece-me muito boa, e mesmo sem pedir licença já a roubei... Um dia destes vou experimentá-la.
    Bem, minha querida, vou então fazer as tais coisinhas que não se fazem nos outros dias... :)))
    Desejo-lhe dias muito felizes, se possível com um pouco menos de calor (mande algum para cá que está fazendo falta...)

    Bom Fim-de-semana
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
  33. Boa tarde, Glorinha, bela!

    E o teu beijinho chegou cá em excelentes condições. Aqueceu minha face e até lhe deu lustro (rs). Te agradeço, de ♥, e retribuo dois nas tuas duas bochechinhas.

    Obrigada pelo link que me enviaste. Evidente que, logo que pude, fui pesquisar e olha que fiquei deslumbrada. Não conhecia tais flores, seu processo de desenvolvimento e sua beleza tão invulgar.

    La Diphylleia Grayi, diz a Wikipédia, é uma flor linda, majestosamente leve, originária da China e do Japão, como tu disseste, e eu até pensei, qdo a estava olhando, que não era real, pke me pareceu algo mágico e mto sutil. Fiquei pensando k se eu lhe tocasse, mesmo ao de leve, que ela, "pobrezinha" se iria desconchavar todinha, mas julgo, agora, e depois de ter lido as informações, que isso não aconteceria, não, pke ter a aparência de cristal, não significa ausência de resistência.

    De novo, agradeço tua atitude, que só podia vir de pessoas sensíveis e invulgares como tu. OBRIGADA POR NOSSA AMIZADE CALMA, SEM REGRAS E OBRIGAÇÕES.

    Beijinhos e um abracinho apertadinho. Bom domingo. Aqui, todo o dia, tem estado chovendo.

    PS: li o comentário da Rosa e devido ao conteúdo do mesmo, fui visitar o blog dela, que amei. Qta simplicidade, beleza e ternura! Passarei por lá, depois!

    ResponderExcluir
  34. Dear Maria Gloria - Sorry to hear about your lack of sleep due to heat and mosquitos, but soon autumn will make up for the uncomfortable heat of summer. Here in my part of the world, I’ve endured the frigid cold of winter, but I have to say I prefer winter to summer. You made me happy with your happy moments. I can easily imagine the fresh baked braided bread filled the air of your house...yummy! And you left us with nice aroma of coffee.

    Yoko

    ResponderExcluir
  35. Vuelvo a tu espacio para darte las gracias por la receta que has preparado el día de Navidad con una paleta de cerdo al horno ¿Te acuerdas?
    El sábado salí a comprar y he visto un cabecero de cerdo (corresponde al lomo alto del animal) que tenía unos 3 kilos de peso, lo estuve mirando y me acordé de tí, me dije que si hacía tu receta con esta pieza tendría que quedar bien rica.
    No lo pensé más, la compré y por la tarde la dejé marinando con todas las hierbas que tú me has enseñado.
    Esta mañana me he levantado muy pronto y la metí al horno, la pieza ha tardado en hacerse 4 horas, pero el resultado ha sido de 10, a toda la familia les ha encantado, el sabor que le aporta el romero y los cítricos (naranja y limón) es espectacular.
    Según lo hacía, he hecho unas cuantas fotos, pienso subirla a mi blog, con tu permiso, y ya pondré el origen de la receta, si te parece bien.
    Repito, mil gracias.
    Te dejo cariños en abrazos.
    kasioles

    ResponderExcluir
  36. Muchas gracias por tu atento y cariñoso comentario.
    Me gustaría publicar tu receta este martes, es un asado extraordinario para conquistar el corazón de la persona amada, yo siempre digo que al hombre hay que conquistarlo también por el estómago ¡lástima que el mío no pueda probarlo!Pero entre tú y yo, ahí dejamos la receta para aquellas que quieran intentarlo, yo me imagino que los resultados son sorprendentes.
    Abrazos y cariños.
    kasioles

    ResponderExcluir
  37. Claro que vi, bella Cinderela (não foi pra rimar, não, é assim k te vejo, sim) e nem imaginava que existissem flores daquele jeito, tão sutis, encantadoras, parecendo até irreais (eu sei k já escrevi isso, mas não canso de o reafirmar), enfim... nem tenho adjetivação à altura delas, mas eu sei que tu és uma nina mto sensata, invulgar, de mto bom gosto e te sentes motivada por "coisas" pouco vulgares, embora consideres tudo e todos, sem distinção.

    E tanta é a tua sensibilidade, que adoras olhar o longe e o perto, te deliciando, escutando o canto do passarinho, que te sabe melhor que sinfonia, afagar as mtas flores que tens em teu jardim, como se fossem tuas filhotas. Tudo isso sem timings, pressas ou preceitos. Eu tb sou assim e com a agravante de ser alentejana (rs), portanto, lenta, tenho sempre tempo e nos sentimos bem no silêncio da planície, escutando o vento leve, brisa do sul, abanando as imensas papoilas rubras, que enfeitam nossas searas.

    Beijinhos e abracinhos. Te desejo uma semana fresquinha! Se anime, pke o outono está quase chegando.

    ResponderExcluir
  38. Ai ai ai. Detesto pernilongos. Eu costumo chamá-los de muriçoca. Incomodam muito. Esse nhá benta parece com o doce prestígio? Ele teria coco em sua composição? E esse pão trançado hummmmm parece delicioso! Beijinhos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Èrika! A Nhá Benta não é o famoso prestígio. E que eu saiba, não tem côco na composição, é feita de com marshmallow com chocolate e as mais deliciosas, são as fabricadas pela famosa casa de chocolates Kopenhagen.

      Excluir
  39. Amo NHá Benta, especialmente as da kopenhagen, que também tem um gostinho de infância pra mim! Ando me aventurando mais pela cozinha e achoq ue vou tentar essa sua receita!
    Um beijo grande, querida!
    Ana Christ

    ResponderExcluir
  40. Olá amiguinha Maria Gloria aproveito uns dias em que fiquei em casa, para fazer uma visitinhas aos amigos e amigas dos blogues, é que são amizades que contam, sentimos a falta deles quando não contactamos durante algum tempo !

    Maria Gloria eu coloco posts com maior regularidade no seguinte blogue:

    http://portugalredecouvertes.blogspot.pt/

    se quiseres passar por lá, serás muito bem-vinda! és uma linda amiga :) e a beleza dos teus artigos mostra muita sensibilidade :) que bom conhecer esse grande país com a tua ajuda !
    abracinhos amiga, feliz dia de Sao Valentim :)))
    cheio de corações !
    Angela

    ResponderExcluir
  41. Agradecida. Acabo de publicar.
    Abrazos y buena semana.
    kasiols

    ResponderExcluir
  42. Vuelvo para darte otra vez las gracias por tu comentario en mi espacio.
    Me he llevado alegría al saber que te ha gustado la forma en que he preparado tu receta, créeme que lo he hecho con todo el cariño y lo cierto es que los resultados han sido sorprendentes.
    El sabor de la carne a la naranja, limón y romero, es algo novedoso para nosotros y, como te digo, ha gustado a todos.
    Va a ser una de las recetas que repita más de una vez cuando reúna a la familia, de sobras está el que te diga que siempre me acordaré de ti.
    Abrazos.
    kasioles

    ResponderExcluir
  43. Según me explicas en tu comentario, has buscado en google el nombre que tiene la pieza del cabecero en Brasil, por si te sirve de más ayuda, te diré que es la parte de las chuletas que está más cerca de la cabeza del cerdo, es una carne con vetas de finas capas de grasa, resulta tierna, jugosa y es ideal para prepararla al horno.
    En España, con esta pieza, es frecuente decirle al carnicero que haga chuletas, salen todas con un poco de hueso, pero puestas a la plancha o asadas en la barbacoa están buenísimas.
    En fin, que hagamos lo que hagamos con el cabecero, siempre vamos a quedar bien y cuando lo presentemos en la mesa, será del agrado de nuestros invitados.
    Cariños.
    kasioles

    ResponderExcluir
  44. Vengo del blog de Kasioles, y quise venir a conocer tu blog, me quedo por aquí, con tu permiso.

    Un beso.

    ResponderExcluir
  45. Hola Maria Gloria!(ya sabes que nos llamamos igual)
    Llego a tu blog a darte las gracias por comentar en el mío.Eres muy amable.Y si no está mal traducido,veo que los mosquitos te han dado una noche imposible.Lo siento,ayyy!!
    A mí en verano no me pican nunca,tengo esa suerte o mi sangre no les gusta(sonrisa)
    Y como con Kasioles,me da un apetito inmenso cuando veo vuestras recetas!!
    Enhorabuena por el arte que tenéis para cocinar!
    Besucos y hasta pronto.
    Te sigo

    ResponderExcluir
  46. Hello, everything looks yummy. The chocolates, braided bread and the coffee, all sound heavenly. Happy Thursday, enjoy your weekend ahead!

    ResponderExcluir
  47. Olá Maria da Glória, vim conhecer o seu cantinho e fiquei encantada. Respira-se aqui uma paz e uma alegria muito doces. E lá encontrei os vários amigos comuns.
    Aqui em Portugal, chamamos bombocas ao primeiro doce, mas não são geladas, o recheio é muito cremoso. Em criança comia muito, agora há muita fartura de doces, acho que o meu filho nunca provou.
    Vou levar a receita do bolo trançado, com a sua licença.
    Beijinhos e abraços desde Portugal
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
  48. Ola bom dia Glória. Vou escrever um testamento..
    obrigada pelas palavras e visita oa meu blog, vim conhecer o teu e heis que vejo logo no inicio fotos que me fez lembrar a minha querida avó. Mulher alentejana trabalhadora do campo que muitas vezes andava com a foice( não sei como se chama ai o instrumento de trabalho para cortar a cevada e o trigo, milho etc).
    Depois começo a ler a postagen e falas de um doce que por aqui se chama (bomboca) e ainda nem há 15 minutos estive a falar com a minha colega que talvez o fosse fazer este fim de semana... coincidencias da vida ...
    Que histórioa bonita mesmo assim de uma noite atribulada, e agora que já escrevi muito vou ler outras postagens.
    Beijinhos deste lado do oceano, num dia de inverno cheio de sol.
    Pinta

    ResponderExcluir
  49. Nhá Benta... Que nome engraçado. Eu conheço por bomboca. :)

    ResponderExcluir
  50. Querida amiga
    Hoje a minha visitinha destina-se essencialmente (para além de matar saudades como acontece sempre que cá venho...) destina-se, dizia eu, a agradecer as palavras tão carinhosas dirigidas ao meu blog no seu (dele...) Aniversário.
    Gostei muito do teu comentário. Palavras elogiosas fazem sempre muito bem ao nosso ego, não é verdade???
    Vamos falando, tá?

    Bom Fim-de-semana
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
  51. Gloria,
    o teu pão com nozes chão parece muito apetitoso.
    Eu posso imaginar como é delicioso.
    Beijos e saudações de distante Polónia.
    Lucja

    ResponderExcluir
  52. olá amiguinha Maria Glória, venho deixar um obrigada pela tua visita ao meu bloguinho principal, tenho também de dar um aconchego no outro! senão há ciúmes na família, e tenho um terceiro das poesias que tem bastante sucesso ! já são muitos filhinhos a cuidar!
    feliz domingo para ti, que o horizonte seja risonho, e com flores de sonho como aquelas que ornamento a natureza em redor da tua casa!
    beijinhos amiga
    Angela

    ResponderExcluir
  53. Gracias Maria Gloria por tus visitas. Y también muchas gracias por esta receta que es muy rica y por la buena música de Sinatra, me encanta.
    Buena semana amiga.
    Besos.

    ResponderExcluir
  54. Truz, truz, tá por aí alguém? Sabem me dizer se nessa casinha toda branquinha e florida, vive uma menina de olhar doce, cabelos cacheados, claros e fronte serena? Sim, vive. Então e o nome dela é Glorinha? Sim, é! É? Então, é minha doce e linda amiguinha, com quem já não falo há uns 4 ou 5 dias o que pra nós é mto tempo, mas ela tem sempre receio de perturbar, de me incomodar, pke ela é de fino trato e mto prendada, notoriamente pra e na cozinha, contrariamente a mim. Suas receitas até k já andam em Espanha, na Galiza. Vejam só!

    Minha querida e bella amiga!

    Tudo bem por aí com todos vocês? Aqui, tudo normal e essa semana tem estado SOLEIL. Qdo chega aí o outono (rs)? Ah, mande pra cá logo, logo o verão, k eu prescindo da Prima Vera (rs), pke primos e primas tenho uns tantos e tantas.

    Essa semana várias coisas pra fazer, profissionalmente, mas no Carnaval (detesto essa época) vou estar em casa uma semaninha, relaxando, no meu espaço e no meu tempo, alone, preferencialmente (tenho k aprender a ser "menos" sincera e frontal, pra não dizer tantas vezes não às "pessoas"), assim como sabes k gosto.

    Tôu com soninho, mas ainda queria passar pelo blog da Rosa. Vamos ver!

    Beijinhos e abracinhos, rosas e estrelas, tudo num punhadinho enfeitado com laços coloridos.

    ResponderExcluir
  55. Glorinha,, querida!

    Estive agora mesmo no blog da "Rosa à Janela" e não consegui deixar comentário, pke não encontrei a caixa pra comentar, nem conta Google, nem anónimo, nem nada, tudo em branco. Isso sucede com alg. blogs, mas não sei se é problema do meu ou desses.

    De qualquer jeito, queria pedir k você~e fizesse o favor de passar por lá e lhe dissesse o seguinte: Ai, querida Rosa, tou até com inveja de seus textos e de sua naturalidade/bondade. Tudo de bom pra seus netinhos. E olha, essa dos passarinhos, de seus irmãos e sua mãe está um doce. Como lamento não conseguir comentar suas deliciosas palavras. Beijos, minha nova amiga!

    Beijinhos, Glorinha e meu mto obrigada!

    ResponderExcluir
  56. Glorinha, querida
    Queria ter vindo na segunda feira... mas não deu! O tempo está cada vez mais curto, até porque aumentou o tempo dos tratamentos - mais tempo na clínica. A médica receitou mais 20 tratamentos, acrescidos de mais um tratamento de ultra-som.
    Pronto, como não vim na segunda, vim hoje...

    E o que desejo? O que é???
    Continuação de boa semana, linda flor do meu jardim...
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
  57. Pelo o aspeto a Nhá Benta é aqui o que chamamos de Bombocas. Adoro e também me fazer recordar a infância.
    Bjs

    ResponderExcluir
  58. Glorinha, minha flor
    Acabei de chegar do tratamento e antes de ir tratar do jantar (são quase sete horas...) resolvi dar uma passadinha aqui porque amanhã vou às compras e vou ter pouco tempo livre...
    Vida de mulher é assim... :)))

    O que desejo, de coração, é que teu fim de semana seja... espectacular!!! (no mínimo...)
    Beijinhos e doces abraços.

    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
  59. Querida amiga: Agradezco las letras que me has dejado en esta nueva entrada mía.
    Cierto es que disfruto mucho cuando logro reunir a toda la familia, unos viven muy cerca de donde yo vivo y otros están a 200 kms de distancia, pero siempre que pueden me vienen a ver.
    El tiempo, estos días, es más suave e invita a ir al pueblo, allí los niños disfrutan corriendo al aire libre y lo pasan mucho mejor que estando encerrados en casa.
    Te deseo que tengas un buen fin de semana.
    Cariños en un fuerte abrazo.
    kasioles

    ResponderExcluir
  60. Ah, mesmo sambando (rs), tu não esqueceste de mim, de passar por meu cantinho e de me depositares beijinhos nas minhas faces quentinhas, devido à climatização da casa. Que coisa boaaaaaaa, bacana, como vocês aí falam!

    E tua/nossa Marianinha? Ela gosta de se fantasiar? Toda a criança gosta, acho eu. Me fale dela. Tá?

    Beijinhos de ♥, bambinita adorada! Ah, e bom carnaval, já me estava esquecendo.

    ResponderExcluir
  61. Me alegro de que esa barbacoa que habéis hecho haya sido un éxito, las ensaladas que mencionas me encantan, siempre acompañan bien a cualquier carne y si ésta sale de una barbacoa, hecha al calor del carbón, tiene que ser un bocado delicioso que darán ganas de repetir.
    En esta tierra, como todavía hace frío, no nos arriesgamos a encender la barbacoa, sólo lo hacemos en verano, cuando se puede comer al aire libre.
    Agradezco mucho tus letras y aprovecho para dejarte un fuerte abrazo.
    Kasioles

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...