terça-feira, 19 de maio de 2015

Lasagne ai Funghi e Besciamella - Lasagna com Funghi Secchi e Bechamel







Usei a massa de lasagna seca, mas pronta para ir ao forno. Portanto, basta preparar o recheio, o molho bechamel, montar a lasagna e levar direto para o forno.

O funghi secchi combinado com o bechamel dá um toque requintado na lasagna. Aqui em casa, gostamos de comer nos dias frios, e nas refeições mais demoradas de domingo, por exemplo. 

O bom mesmo, depois de comer um prato calórico, é poder sair da mesa e não ter nenhum compromisso ou trabalho. Desfrutar de um bom café, depois um licor, sem pressa. 



Massa de lasagna pronta para ir ao forno, mas seca - aproximadamente 250 gramas  
Cubos de manteiga
Aproximadamente, 10 fatias grossas de mozzarella
Parmesão ralado  


Hidratando o Funghi Secchi 
50 gramas de funghi secchi 

Coloque água em uma panelinha, até cobrir os cogumelos. Leve ao fogo e quando ferver, coloque os cogumelos, mexa e após dois minutos, desligue o fogo.

Deixe descansando por meia hora, no mínimo, tampado.   



Preparando o Bechamel
75 gramas de manteiga 
75 gramas de farinha de trigo 
1 litro de leite integral 
Noz-moscada
Sal, pimenta branca para ralar na hora 


Leve uma panela ao fogo e derreta a manteiga, junte a farinha de trigo e com um fouet, misture tudo, até formar um creme bem grosso. Deixe que a farinha cozinhe, até que a mistura fique da cor da avelã, um leve dourado. Isso é rápido. 

Junte o leite em duas ou três etapas, mexendo sempre com o fouet, para não formar grumos. Mas, se isso acontecer, fique tranquilo, é só usar o mixer ou o liquidificador. 

Quando começar a engrossar, tempere com sal e pimenta. Mexa algumas vezes, deixe que cozinhe bem e desligue a chama do fogão. Parando a fervura, tempere com noz-moscada ralada na hora, preferencialmente. Reserve. 


Preparando o Funghi Secchi
1/2 cebola média, muito bem picada
Sal, pimenta preta para ralar na hora 
Azeite de oliva
Vinho branco seco
Folhas de dois ramos de salsinha, bem picadas. 


Retire os cogumelos da água e corte em cubos pequenos. 

Gosto de fazer esta preparação na wok, onde eu deito três colheres de azeite de oliva. Assim que aquecer, eu coloco as cebolas e quando estiverem translúcidas, eu entro com os cogumelos. Misturo bem, salgo e ralo a pimenta,

Quando estiverem bem azeitados e temperados, eu junto um pouco de vinho branco e deixo que cozinhem, até secar um pouco o vinho.  

Desligo a chama do fogão, junto a salsinha e misturo. Ainda na panela, com a ajuda de uma colher, eu organizo o salteado de funghi secchi em 4 partes, que serão utilizadas nas camadas da lasagna. Reservo.   


Montando a Lasagna
Pré-aqueça o forno a 200º. 

A forma usada foi retangular de 20/30 cm.

Monte em camadas, assim: 
- unte o fundo da forma com uma concha de bechamel, espalhando bem 
- arrume as folhas de lasagna, mas deixe espaço entre elas, pois durante o cozimento irão crescer
- espalhe mais um pouco de bechamel, mas sem exagerar
 - espalhe uma das 4 partes do salteado de funghi secchi
- rasgue com as mãos duas fatias de mozzarella e espalhe por cima dos pedaços de cogumelos
- polvilhe parmesão ralado, sem exagerar

Siga assim até fazer 4 camadas. Na última camada, após arrumar os pedaços de mozzarella:
- distribua a última camada de bechamel
- arrume por cima, cubos pequenos de manteiga 
- polvilhe o parmesão e pouquíssima farinha de rosca caseira

Caso não tenha farinha de rosca caseira, não tão refinada, dispense esta etapa.

Ao montar as camadas, não exagere nos queijos e no bechamel, pois ficará enjoativo. 

Leve ao forno, coberto com papel alumínio, na grade de cima, mantendo a temperatura de 200º, por 40º. Após este tempo, retire o papel alumínio e use a função grill para dar um leve efeito gratinado na lasagna. 

Aguarde uns 10 minutos para servir, o que vai facilitar muito na hora de cortar, pois a lasagna a este tempo já firmou e as fatias não irão desmontar. 




Un abbraccio!






8 comentários:

  1. Imperdível! Amo funghi.
    Beijo, Maria Gloria.
    Bom ouvir a Piaf, sempre.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Maria Glória!
    Aprendi a deixar os ingredientes do bechamel crus para fazer a lasanha... Não sei se dá certo com essa receita, mas é tentar para ver. Uso um litro e meio de leite para uma lasanha tamanho família e a manteiga derretida, o resto é tudo igual, deixando as lâminas de lasanha sempre molhadinhas.
    Já estou imaginando o sabor!
    Beijus,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luma você me fez lembrar de uma receita de lasagna que depois de montada ela dorme na geladeira, para ser assada no dia seguinte. Eu esqueci desta receita. Mas era feita com leite. Com bechamel cru deve ser o máximo, além de ser muito mais fácil.
      Eu vou fazer. E vai dar certo, pois o bechamel é cozido no forno. Ótimo e obrigado amore mio s2.
      Bjux.

      Excluir
  3. Bom dia, não sei cozinhar mas sei saborear, não tenho duvida que a sua receita que bem partilha é saborosa.
    AG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saborear é tudo o que quem gosta de cozinhar aprecia sentir. Gosto de saborear e de ver as pessoas saboreando o que faço. É muito bom!
      Obrigado pela visita, um abraço.

      Excluir
  4. Que delícia e tudo com funghi me apetece! Gostei do conselho em não exagerar nas camadas pra não deixar enjoativo! o menos é mais até aqui! bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo: menos é mais!
      Um beijo Chica amore mio s2

      Excluir