quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Caçarola Italiana Moderninha





A imagem dispensa qualquer comentário!

Mas eu não aguento e tenho que falar! Esta sobremesa fez parte de muitos domingos da minha infância ... feita pela minha nonna Seraphina. Mas não com esta receita. A receita dela se foi pelo tempo ... 




... antes ...

 


... depois ... 




Caçarola Italiana Moderninha 

Uma Caçarola Italiana bem moderninha e prática! 


2 latas de leite condensado
2 medidas de lata de leite integral
2 colheres de sopa de maizena
4 ovos inteiros
1 colher de sopa de manteiga sem sal (usei menos que a receita)
2 colheres de sopa de queijo parmesão ralado
Raspas de limão siciliano a gosto - ralei 1/4 da casca de 1 limão 
  


Pré-aqueça do forno a 300º. Unte uma forma ou refratário com manteiga e farinha de trigo. Bata bem a forma para tirar o excesso de farinha. 

Coloque todos os ingredientes no liquidificador, começando pelos ovos. Bata até a mistura ficar homogênea. Não precisa bater muito. A mistura é bem líquida. 

Deite tudo na forma e leve ao forno, na grade de cima. Após cinco minutos, abaixe a temperatura para 200º e siga até dourar a superfície e o palito sair limpo. 

Enquanto estiver quente, o meio fica molinho, mas o palito tem que sair limpo. Este é o ponto! Tire do forno imediatamente! Após esfriar, a consistência ficará firme e muuuuuuito cremosa. Se assar muito urrrg ... arrivederci consistência cremosa ...

Sirva gelado ou em temperatura ambiente. 

A inspiração veio daqui, é só clicar: 'Tudo Gostoso'




A Luma do blog 'Luz de Luma, yes party!' fez a Caçarola Italiana Moderninha, fotografou e me escreveu: "Boa demais! Receita rápida e super simples."

As fotos que seguem são de autoria da Luma. Cliquem aqui para conhecer o blog 'Luz de Luma, yes party!'





Baci mille! 




11 comentários:

  1. Que bom te ver,Maria da Glória! E pena que perdeste a receita original, aquela da tua infância! mesmo assim, conseguiste supri-la e parece muito boa essa sobremesa! bjs, tuuuuuuuuuuuudo de bom,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Chica, esta receita está perdida! :( Bjux

      Excluir
  2. Oi, Maria Glória!
    No caso da música, achei a versão antiga melhor... Já a caçarola italiana, eu espero que a versão moderninha não menospreze a versão da sua nonna, já que cada qual pertence a um lugar que não deve ser comparado :D
    Já favoritei!
    Beijus,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também gosto mais da versão antiga Luma. Bjux.

      Excluir
  3. Nossa tentador, mas estou tomando um certo trauma a forno, de um tempo pra cá toda minha receita de forno solaaaa kkkkk mas vou arriscar
    Bjs
    Debby :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa não sola... Não vai fermento! kkkkk Brincadeira, Debby! Ela é fácil e gostosa.Uma combinação bombástica, heim! :D

      Ah.Do.rei...
      Obrigada pela referência, Maria Glória!
      Beijus,

      Excluir
  4. Talvez a receita de tua avó fosse semelhante ou igual à de minha falecida sogra,que era filha de italianos:
    Caçarola italiana – Receita de D. Iolanda
    Ingredientes
     5 ovos, gemas peneiradas e separadas das claras, batidas em neve bem firme;
     5 colheres de sopa de açúcar refinado peneirado;
     3 copos de leite;
     5 colheres de sopa de farinha de trigo peneirada;
     5 colheres de sopa de queijo de Minas duro e ralado;
     1 colher de sopa de manteiga e 1 pitada de sal.
    Modo de fazer
    1. Bata as gemas e o açúcar, depois o leite e misture bem.
    2. Sem parar de mexer, vá acrescentando, por partes, a farinha de trigo, o queijo ralado, a pitada de sal e por fim a clara em neve.
    3. Misture tudo muito bem e despeje em uma forma untada com açúcar queimado.
    4. Leve ao forno pré-aquecido médio e deixa assar em banho-maria.
    5. Desenforme frio. \\

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, muitíssimo obrigado pela receita. Gostaria de saber seu nome.
      Estas receitas, das nonnas, das mães, das tias, são uma verdadeira preciosidade. Que bom que me escreveu. Muito feliz!
      Eu gostei por dois motivos. Um, é que leva pouco açúcar, me apetece tanto assim! Outro, que a receita da minha nonna tinha queijo, não lembro qual era, mas sei que não era parmesão.
      Vou fazer, claro.
      Beijocas.

      Excluir