sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Pão Toscano Rústico de Alecrim, Azeite e Uva Passa - Pão do Campo





Rústico, perfumado e cheio de sabor! 
Não é doce! Não é salgado! Simplesmente É!
Vai muito bem com geleia, queijos, patês, sardella, alichella, tapenade, salada de arenque, caponata ... com manteiga é um luxo!


... um acordeon que emociona ... 




Pão Toscano Rústico de Alecrim, Azeite e Uva Passa - Pão do Campo



250 gramas de farinha de trigo
50 gramas de farinha de centeio
1 colher de sopa de fermento biológico seco ou um pacotinho 
2 colheres de sopa de açúcar mascavo 
200/150 ml de água morna
50 ml de azeite extra-virgem
100 gramas de uvas passas
Folhas de alecrim fresco a gosto  
1 colher de chá de sal
Pimenta do reino preta ralada na hora 



Operazione

Em uma vasilha junte as farinhas de trigo e de centeio, o fermento, o açúcar mascavo e misture tudo com uma colher. Depois junte a água morma aos poucos, até dar o ponto da massa para sovar sem grudar nas mãos. Geralmente uso menos de 200 ml de água. Sove um pouco e leve para descansar em local fechado e quente. Pode ser no microondas desligado, por meia hora. 

Depois deste tempo, tire do microondas e na própria vasilha, dê umas beliscadas na massa várias vezes, por toda a massa e volte ao microondas desligado para descansar por mais meia hora. 

Enquanto a massa descansa, pique grosseiramente um pouco de folhas de alecrim e ponha numa frigideira com o azeite e leve ao fogo só para aquecer, sem ferver. Jogue este azeite coado por cima das uvas passas, que devem estar em uma pequena vasilha. Misture, tampe e deixe descansar. 

O alecrim que foi aquecido no azeite não queimou, é claro, então eu joguei em cima de um filé de frango já no prato, delícia! Aproveitei a frigideira untada de azeite para grelhar o peito de frango. Nada se perde numa cozinha. enquanto eu almoçava, a massa crescia.

Depois do tempo de crescimento, eu peguei a massa e polvilhei farinha numa bancada para sovar com toda a minha vontade. Use farinha aos poucos para não grudar nas mãos. 

Depois de sovar um pouco eu abri, com as mãos mesmo, só um pouco a massa e distribuí as uvas passas com o azeite, mais um pouco de folhas de alecrim levemente picadas, o sal e ralei pimenta do reino. Fui fechando a massa pelas pontas, como se fosse uma trouxa e fui sovando, devagar, com amor, com carinho ... parece que não vai dar certo, parece que fizemos tudo errado, mas continue sovando ... não precisa ter pressa ... as mãos vão ficar bem untadas de azeite, a bancada também, mas vá em frente, que tudo vai dar certo ... sove, se entregue, que o azeite vai incorporando na massa ... e se sair umas passas, junte novamente a massa. Sove ...

E quanto estiver uma massa bela e com todos os ingredientes incorporados, pegue a forma que for assar o pão, polvilhe farinha ou disponha papel manteiga levemente untado com azeite. Agora molde a massa como gosta. Eu gosto do formato pagnotta e faça a sua assinatura no pão. Eu fiz cortes em formate de cruz. Polvilhe um pouco de farinha por cima e leve ao forno, com a luz acesa, desligado, por mais uma hora e meia ou até dobrar de volume. 

Ligue o forno, sem mexer no pão, a 200º e deixe que asse. Não sei quanto tempo levou para assar. Depois de meia hora, eu abri o forno e dei uma olhada. A certo ponto, eu enfiei uma faca e ela saiu seca, então desliguei. Tirei do forno e deixei esfriando sobre uma grelha, para não umedecer a base do pão.  

Uma fatia, para você sentir como é por dentro:





Un bacio e buon appetito ... 




10 comentários:

  1. Só pode ser ótimo!!!!

    Ai meu Deus, já estou de olho nos bolinhos do post anterior!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bruxa!
      Se tiver que escolher, escolho os dois. Fazem parte de uma bela mesa!
      Beijo!

      Excluir
  2. Deve ser mesmo MUITO BOM!!!! Senti o aroma aqui lendo.... e ouvindo a música que gostei!!!
    Beijão Maria Glória! Abençoado este seu dom!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Astrid, é muito bom! E bem aromático!
      Sabia que iria gostar da música, pois quando ouvi pela primeira vez, lembrei logo de você!
      Um beijão amore!

      Excluir
  3. .. Maria Gloria, boa tarde! Como tive tempo somente agora, enquanto aguardo um compromisso com um cliente que está muito atrasado, li com toda calma e sabor esta receita, e fiquei encantado com a forma de fazer este pão e como deve ser o seu verdadeiro sabor. Estou com muita vontade de fazer estão pão, pena que só poderei fazer após o dia 21jan14, pois até lá a agenda está lotada de eventos, e este pão pede muita calma, como você descreve na receita. Portanto, sem pressa vou fazer este pão, e vou abrir um espumante rose e queijo para degustar.
    Fique bem
    Guido Lunardini

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tira uma foto para eu ver? Já sei que vai ficar um espetáculo! Tenho certeza!
      Salut desde já!
      Um abraço!

      Excluir
  4. obrigado por esta receita, Maria Glória! vou fazer!

    ResponderExcluir