segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Passeio - Templo Zu Lai




Antes de começar a falar sobre o passeio, quero deixar um presente para a minha querida amiga Rosélia Bezerra, editora de blogs maravilhosos, todos canais de evangelização. A Rosélia fez aniversário no dia 26 de julho, então, deixo aqui, o meu presente virtual, que mesmo atrasado, é amplo de Amor

Rosélia, para você, com todo o mimo mais azuladinho das hortênsias. 



Em Cotia, a 35 km de distância da cidade de São Paulo, está localizado o Zu Lai, um templo de budismo chinês.

Estive por lá algumas poucas vezes e, em uma delas, cheguei por voltas das 13 horas e acabei almoçando no restaurante vegetariano, mantido pelo próprio templo, com preço único bem acessível. O buffet de comidas é livre e bem diferente do que eu estou acostumada, nos restaurantes vegetarianos que frequento, pois há uma expressiva porção de frituras, bem como, molhos super apimentados. Esqueci-me completamente desta característica da culinária chinesa, quanto ao uso de pimentas fortes, e temperei a comidinha, tão bonitinha no meu prato, com um molho de ótimo aspecto. Resultado? Precisei pedir para trocar de prato, pois não conseguia comer, por nada deste mundo, de tanta ardência na boca, sem falar das lágrimas. Quase liguei para os bombeiros, para apagarem as chamas que saíam da minha boca. Eu e o dragão éramos uma irmandade, a do fogo ardido, que nunca tinha fim!

Mas essa não foi a experiência mais desconfortável neste dia, no restaurante vegetariano do templo. Acontece que ao pedir para trocar de prato, expliquei o ocorrido, dizendo que não conseguia comer, por conta do sabor forte da pimenta e levei uma bronca em chinês, entendida pela expressão no rosto e tom de voz da atendente, com aquela 'cara de pitbull', uma verdadeira simpatia! Tentei explicar que não era culpa minha, pois não havia nenhuma indicação de que o molho era fortemente apimentado, mas fiquei falando sozinha, pois não existiu a menor possibilidade de diálogo, nada se entendia, uma falando português e a outra, chinês. 

Bem, quem me conhece, já sabe, abri um largo sorriso, saí com modos delicados da presença da atendente e voltei ao buffet para compor um novo prato, passando longe dos molhos ahahaha. Sentei-me e fiquei observando a atmosfera do local, provando sabores inusitados, terminando com um chá de jasmim, na tentativa de acalmar e perfumar, o resto de sabor dragonês, ainda existente na minha boca. 

Chegar ao templo é muito fácil, fomos pela rodovia Raposo Tavares, até o km 28,5, com muitas placas indicativas, não há como perder-se. Estacionamos o carro nas dependências do templo, com tranquilidade e segurança.

Era verão, aqueles dias chuvosos de janeiro... 


Há um elevador para acessar os dois pisos. Uma das vezes que estive no templo, o passeio foi oferecido para a minha mãe, que adorava conhecer locais diferentes. Nequela vez, usamos o elevador e como o passeio requer uma boa caminhada, foi oferecida uma cadeira de rodas, pelo segurança, logo aceitamos e assim, minha mãe conheceu o templo por completo, sem nenhum esforço, para a idade de quase oitenta anos. Mas a cabeça era de vinte anos, sempre aberta a novos vôos! 



Uma panorâmica produzida pelo maridex. Neste páteo, acontecem práticas de Tai Chi Chuan, entre outras.



Ao subir as escadas, chega-se ao interior do templo.


Fiquei observando o movimento das monjas, as expressões, os olhares. O que me chamou a atenção, foi que nunca sorriam, o rosto sempre fechado. Será que é cultural? Pode ser, mas já tive clientes chineses, quando trabalhei no mercado imobiliário, eram tão alegres, muito mais que japoneses, por exemplo. Também não acredito que o caminho para ser um monge requeira sorrir pouco, no sentido de manter um ar sério. Na verdade, acho que este caminho, esta escolha, propicia a expressão da alegria na vida, no sentido da leveza. 


No andar superior, a vista é muito bela, mesmo com um dia um tanto cinzento.


Ao fundo, pode-se avistar alguns condomínios de casas.


No andar térreo, fomos caminhar pelos jardins. Eu estava imitando a imagem, na tentativa de fazer uma mudrá (linguagem através de gestos, ligada a estados de consciência). E, antes que eu terminasse a mudrá, a foto já estava batida. 


Já vi pinturas de Jesus, com as mãos e dedos formando mudrás.

Fonte da imagem, clique: 'yogabook'

Os jardins são belos e bem cuidados.



Seguindo por um caminho, há um lago com muitas tartarugas, animais silvestres. A vegetação é belíssima, com muitas hortênsias


O silêncio impera, é um mundo desacelerado e tranquilo.  



O passeio no Zu Lai termina aqui. Entretanto, as minhas caminhadas diárias continuam e deixo algumas fotos, de uma tarde, em que conheci Branca de Neve, sempre tão bondosa e meiga, cuidando dos Sete Anões, enquanto faziam uma 'pennichella pomeridiana' (cochilo da tarde), após um almoço, onde degustaram torta irlandesa de carne, acompanhada da deliciosa cerveja Guinness. 




Pennichella deliciosa, não?  E a Branca de Neve sempre atenta, deve então, ter almoçado uma bela sopa de legumes, com uma maça de sobremesa, para uma digestão bem facilitada ahaha...

Na volta da minha caminhada, passei pelo mesmo local e os anõezinhos já estavam acordados, com a caixa de ferramenta em mãos, prontos para cortarem mais lenha, para acender a lareira a noite, que prometia uma frio com vento bem gelado. 

Beijocas a todos! 





95 comentários:

  1. Belissimo e grandioso esse templo...amei!!! Bom inicio de semana, querida. bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nany, olá!
      Obrigado querida, uma passeio diferente. Vale a pena conhecer.
      Beijos.

      Excluir
  2. Boa noite, querida amiga Maria da Glória!
    Um encanto sua gentileza e, neste ano, estive bem feliz com tanta comemoração tanto no virtual como no real... Deus é muito bom pelos amigos queridos dos blogs...
    Sabe, passo sempre em frente a um Mosteiro Budista no ES e nunca entrei... mesmo quando passo de carro com a filha e família...
    Meu primo já esteve por lá até fazendo um retiro...
    O Mosteiro que vc nos mostra é lindo como todos pelo que vejo por aí...
    Enfim, agradeço por tudo, desde a gentileza das hortências à lembrança de conciliar um Mosteiro porque sou muito ligada na questão da Espiritualidade pois preciso de locais calmos, serenos e que me tragam profundidade ao espírito...
    Estou encantada com sua delicadeza...
    Seja abençoada e feliz!
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rosélia olá!
      Eu agradeço pela tua amizade e carinho! Um prazer celebrar com você e amigos, aqui da blogosfera, o teu aniversário. Mais uma vez, parabéns!
      Eu também aprecio locais serenos, calmos. Gosto de conhecer locais novos.
      Um beijo e forte abraço.

      Excluir
  3. Aventura é mesmo assim
    com ou sem picante
    umas Cervejas apagam seja que dor
    ou até que Pitbul em terror...Hé hé hé

    Beijinhos Glória
    e uma feliz semana desejo eu de aqui da Covilhã fumegante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. João, nem imaginas a cara feia. Como dizemos aqui no Brasil: ninguém merece tanta cara feia. Mas, não influenciou em nada o humor.
      Beijos.

      Excluir
  4. Maria da glória, que encanto de post! Belo passeio por lá! Lindo templo e acho que as atendentes do restaurante deveriam passar por um período lá no templo, aprendendo pelo menos a ficar em silêncio quando não tem razão,não é? Lindas fotos! Valeu,não? Bom te ver! A flor pra Rosélia é linda e adora! beijos, tuuuuuuuuuuuuudo de bom,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, queridas Glória e Chica!
      Obrigada pelo carinho de ambas...
      Bjm muito fraterno

      Excluir
    2. Olá Chica e Rosélia!
      Deixo um carinho e um beijinho, com o desejo de ótima semana.

      Excluir
  5. Minha irmã já esteve nesse templo e está sempre a me convidar para irmos até lá. Com certeza deve ser um passeio muito agradável.
    Hortênsias me fazem recordar da minha mãe, que tinha um enorme canteiro com elas, por conta disso minha filha fez também um canteiro no jardim da sua casa, uma forma de homenagem e doce lembrança.
    Um abraço e desejo de ótima semana,
    Sônia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sonia!
      Eu aprecio muito passeios diferentes. E mesmo com ocorrências desagradáveis, eu não costumo permitir que estrague o dia. Deixo passar a ocorrência e sigo, sem que altere o meu humor. Vale a pena conhecer, é diferente em todos os sentidos.
      A hortênsia é uma flor que me agrada muito. Conhece a de cor branca? Me disseram que tem o nome de Annabelle.
      Linda a homenagem da sua filha, acho que faria o mesmo.
      Beijos e ótima semana.

      Excluir
  6. Que sítio lindo para visitar! Agora monjas "com cara séria" Humm, que será que não gostam? Sempre achei as pessoas religiosas bem alegres! Já conheci freiras católicas bem animadas!
    http://araparigadoautocarro.blogs.sapo.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Inicialmente, eu achava que não fosse o caso de ser cultural, pois sempre percebia os chineses como um povo alegre. Mas, hoje, acho que são alegres entre eles ahahaha.
      Mas o passeio valeu muito a pena. Muito interessante.
      Um beijo querida, ótima semana.

      Excluir
  7. Oi Gloria
    que encanto de hortênsias!
    para alegrar e encantar os rostos sisudos que encontrou no restaurante do templo!
    que pena uma comida vegetariana ser tão apimentada!
    talvez coloquem gengibre , aí os temperos acentuam com o sabor das pimentas!
    Um templo lindo, organizado, transmissor da Paz, desejoso de se conhecer!
    Amei a Branca de Neve das caminhadas, onde o menu é mais suave, regado a sobremesa de maçã !
    se bem que a torta irlandesa e a cervejinha também é um regalo para um estomago após caminhada!

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Zizi!
      Ahhh uma hortênsia dissolve qualquer ar sisudo, não? Certíssima, Zizi.
      Pois é, mas a comida chinesa é mesmo muito apimentada. E, eu me esqueci deste detalhe. E usam sim, muito gengibre, pode ser sim, Zizi.
      Eu prefiro o menu dos Sete Anões, sem dúvida. Mas, também, aprecio a cozinha asiática.
      Um beijo bella Zizi e uma ótima semana.

      Excluir
  8. OI MARIA DA GLÓRIA!
    UMA BELA E RICA POSTAGEM.
    VIM CONHECER TEU ESPAÇO, GOSTEI E FIQUEI.
    JÁ TE SIGO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Zilani Célia, prazer em conhecer-te! Prazer em ter-te aqui!
      Agradecida que gostaste da postagem, irei agora conhecer o teu blog.
      Até lá...

      Excluir
  9. .. olá querida Maria Glória, bons dias e bons ares!
    .. a sua visita ao templo budista me provocou muitas risadas. Vou explicar com os detalhes.
    .. certa feita, na minha primeira visita a um templo budista na cidade de Três Coroas, no Rio Grande do Sul, com a minha esposa, um lugar meio difícil e complicado para se chegar. Fizemos o que era normal em uma visita deste tipo. Apenas não havia um restaurante para picar a boca. Até a trilha das formigas era avisado para tomar cuidado, e não pisar.
    .. e a graça de tudo isso? De tantos lugares ocultos, exóticos e difíceis de chegar, fui encontrar um amigo CASADO, com uma "namoradinha", que ele levou para passar o final de semana na cidade de Gramado. Quando ele nos viu, não sabia onde se esconder. Não preciso falar mais nada sobre os acontecimentos seguintes.
    .. um beijo e cuide-se.
    .. guidø lunardini

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chef Guido, olá! Um prazer receber-te aqui!
      Eu abri um largo sorriso, pois a tua história me fez lembrar de uma outra história, que agora vou te contar, claro: lá pelos anos de 1980, do século passado, estava eu aguardando o coveiro, no cemitério que a família tem um belo túmulo. A intenção era fazer uma caiação na parte interna do túmulo e solicitei orçamento. Enquanto aguardava o tal coveiro, eis que na alameda acima, toda linda e arborizada, ouvi sons de risadas e quando olhei, avistei um parente casado passeando, de mãos dadas, com uma bela e jovem moça. Ele não me viu e eu fiquei no meu cantinho, não queria saber de constrangimentos. Nunca contei isso a ninguém! Só eu e os defuntos testemunhamos o namorico, nem o coveiro viu os pombinhos. E, agora, que o parente já é defunto, faz um tempinho, então posso contar ahahaha.
      No cemitério e durante a semana, acho que o parente jamais pensou que eu estivesse por lá, a fazer cotação sobre reforma do túmulo. Pois então!
      Beijos Chef.

      Excluir
    2. .. risos!!! ao menos você foi muito discreta. Não há lugar para pular o muro, todos os lugares são possíveis, o pior é quando o muro tem arame farpado.
      .. beijos.
      .. guidø lunardini

      Excluir
    3. Eu preferi mesmo não ser vista. Beijos Chef!

      Excluir
  10. Olá, minha querida!

    Tudo bem contigo? E Marianinha? Teu filhote, que é lindo? Tem uns olhos maravilhosos, verdes, me parecem, com laivos dos teus. Será assim?

    Parabéns à Rosélia Bezerra. Lhe desejo felicidades, saúde e muita paz e amor. Dar flores, em aniversário ou não, e essas hortênsias são deslumbrantes, adoro azuis, são como oferecer natureza aos molhos, de coração.

    Mais um passeio fantástico teu ao Zu Lai, um templo Budista, bem perto da cidade de S. Paulo. Não conheço nenhum, mas sei que as pessoas que nasceram nesses ambientes, com essa postura e forma de encarar a vida, são bem diferentes das demais, todavia, não lhes conhecia a indelicadeza e a má criação. Então, é tudo ZEN e HARMONIA e se comportam, desse jeito, perante uma situação, que tu não ensaiaste, que correspondia, literalmente, à verdade em relação à comida?

    Se ela falou a língua dela e até disse palavrão, estou imaginando, então, eu, nesses casos, não faço sorrisos, nem saio de fininho. Chamo o responsável e no meu idioma exponho a situação, mais, mando chamar quem assim se comportou para trocarmos impressões e não acontecer o disse k disse. Por esse motivo, duas empregadas foram despedidas, na hora. Problema delas e não meu! Caso o responsável não saiba falar Português, então, eu falo em francês ou inglês, sobretudo essa última, k é universal para a gente se entender, pke falando é k a gente se entende e meus olhos falam mais k minha boca. Sempre me dizem que eles fuzilam ou beijam as pessoas. Obrigada pelo seu amável elogio, lá no outro poema.

    Já me tem acontecido episódios menos bons em restaurantes tradicionais, nacionais e não só, mas mando logo chamar o responsável. Depois de tudinho bem explicadinho, eu escolho uma prato bem simples, frugal, até pke e como tu sabes eu não gosto de molhos, picantes, frituras, nem comidas complicadas, nem pesadas. Esse ano, agora, nas férias, tive uma ligeira gastroenterite, e já estava em Espanha, no hotel, portanto, Europa. Expliquei como me sentia e pedi chá de cidreira, melissa, e mta água mineral. O responsável do hotel queria chamar logo a ambulância, pke me viu mto pálida, mas eu lhe agradeci e disse k pensava k iria controlar a situação, como, de facto, sucedeu, graças a Deus. Nos dias k se seguiram estive quase a pão e água, perdi 3Kg e fiquei bem leve.

    As fotos estão mto lindas e bem expressivas, mas te digo, sinceramente, que ambientes orientais não me seduzem mto e acho a arquitetura e a decoração bem brega.

    Ficaste mto bem nas fotos, com aquele teu ar de Senhora Dama, mas continua caminhando, pke te faz bem ao corpo e ao espírito.

    Acabei fazendo uma postagem, quase às 3 da matina, mas bem diferente das anteriores. Te aguardo. Tá?

    Beijinhos e abraços doces e sinceros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, ah, aqui é o lugar para as tuas palavrinhas. Me distraí, mas vou já sair e passear um pouco, mas mais para baixo.

      Inté, querida!

      Excluir
    2. Bom dia, queridas Glória e Céu!
      Obrigada pelo carinho de ambas...
      Bjm muito fraterno

      Excluir
    3. Olá Céu, bella!

      O Bruno tem olhos esverdeados e, fisicamente, nada tem de parecido comigo, exceto a beleza ahaha. Então, a Marianinha está ótima, cada dia mais independente, muitas gracinhas. Andou a ter que tomar medicação com inalações, mas a recuperação foi rápida e excelente. Inverno no Brasil, então...

      Quanto o templo budista, na minha opinião, pode ser por uma questão cultural. Eu tive um curto contato com a colonia chinesa no Brasil, por via profissional. Eles eram bem alegres, mas creio que entre eles. E, quando ocorre algo um pouco fora do padrão, penso que o que consideramos um tanto desconfortável, para eles é normal. Acho que é cultural, mesmo.

      Não sei se ela falou palavrão, pois eu não entendia nada, entre lágrimas, pela ardência, e risos, pela situação. Ocorre que, em alguns casos, não levo adiante, quando concluo que não vale a pena. Me passou a impressão, que seria o caso de um desgaste, o que eu não queria, naquele dia, com aquelas pessoas, que nunca voltaria a encontrar. Como a pilha de pratos estava muito perto, eu peguei um prato e fui direto para o buffet, fazer outro prato. Ela, a atendente, ficou com o meu sorriso e alegria, porque o que eu queria mesmo era rir da situação, pois foi incrivelmente divertida. Deixei prá lá e fui ao meu almoço e dia.

      Céu, e como tu estás com o desconforto gástrico, melhor? Que bom que a melhora já ocorreu por lá mesmo, e nada mais foi preciso. Coisas que a gente prefere utilizar, mais perto de casa, não? Embora, estiveste ainda pela Europa.

      Os ambientes orientais, também não são por completo do meu agrado. Sabe o que eu sinto? Que não são tão acolhedores, aconchegantes. Sinto uma certa frieza e espaços muitos vazios, no sentido de decoração. Sabe aquele sofá gostoso, que te chama para deitar esparramada e fechar os olhos? Existe na Ásia?

      Céu e Rosélia, bellas, beijos a abraços, até...

      Excluir
  11. Gesto bonito o seu para com a Rosélia, a flor é linda.
    Nunca imaginei que pudessem haver templos assim por aí, já visitei muitos e adoro o ambiente que se respira, o silêncio e a paz.
    Bonita reportagem!

    Beijos Glória

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, queridas Glória e Manu!
      Obrigada pelo carinho de mabas...
      Bjm muito fraterno

      Excluir
    2. Manu, olá!
      São muitos os templos budistas pelo Brasil e já temos algumas monjas comandando templos, por aqui. O movimento é muito forte. Incluindo, em alguns, ecovillas.
      Eu, também, aprecio muito a atmosfera de silêncio e paz.
      Deixo um beijo para você, querida Manu e outro para a Rosélia.

      Excluir
  12. Hello, I love the pretty hydrangeas. What a lovely tour of the temple and gardens. Wonderful series of photos. Happy Thursday, enjoy your day!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hello Eileen!
      Thank you dear, it was a beautiful day.
      Kisses.

      Excluir
  13. Wszystkiego najlepszego dla Roselia Bezerra.
    Życzę Jej dużo zdrowia, opieki Matki Bożej, szczęścia, spełnienia marzeń.
    Glorio, hortensje są przepiękne.

    Na swoich zdjęciach i w relacji pokazałaś bardzo piękną świątynię Zu Lai.

    Przesyłam pocałunki i pozdrowienia z dalekiej Polski.
    Lucja


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lucja, querida amiga! Olá!
      Muito obrigado pela visita e comentário.
      O templo é muito bonito e tem um jardim muito agradável.
      Um beijo e dias felizes.

      Excluir
    2. Boa Tarde, queridas Lucja e Glória!
      Voltando pra agradecer por sua felicitação, querida Lucja!
      Deus te cumule de bênçãos também!
      A Proteção de Maria Santísisma seja uma constante em suas vidas...
      Bjm muito fraterno às duas

      Excluir
    3. Rosélia, um beijo querida!
      Sejamos todos divinamente abençoados, pela Grande Mãe! E para todo o sempre!

      Excluir
  14. Olá, Glória.
    Mais uma linda postagem, levando-nos a passear.
    Realmente é necessário cautela com comidas típicas, porque o palato pode estranhar os sabores e, no caso dos orientais, o cuidado tem que ser redobrado, pois são amantes dos picantes kkkkkkkkk Faço uma pequenina ideia da cena: você e a funcionária, literalmente falando chinês =)
    Talvez ela estivesse ofendida por você não saber "valorizar seu(dela) tempero".
    Lugares lindos para se conhecer.
    bjn amg

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois então, Carmem, eu me esqueci completamente deste detalhe, o das pimentas. E os chineses usam muita, mas muita pimenta. Pois já vi videos sobre o preparo de pratos da cozinha chinesa e fiquei em choque, ao ver a quantidade imensa de pimenta, que eles apreciam.
      O que aconteceu, que consegui entender, é que o sistema do restaurante, só permita um prato por pessoa. Não era permitido o uso de outro prato. JAMAIS! Mas eu, toda ardida, em lágrimas, sem entender o idioma, diante de uma imensa cara feia, peguei por conta própria um prato limpo, com delicadeza, e fui ao buffet fazer um outro prato. O que eu poderia fazer? Não havia entendimento, nem vontade! Mas eu não fui rude, apenas fiz o que achei que seria o adequado, na ocasião. Não estragou o meu dia e foi muito divertido.
      Beijocas querida Carmem.

      Excluir
  15. Respostas
    1. Obrigado pela vista Lena, feliz por teres gostado do meu blog.
      Fiz uma visita ao seu, deixando por lá umas palavrinhas.
      Um beijo!

      Excluir
  16. Boa noite, Maria Gloria!
    Que passeio lindo deve ter sido esse...e vc tem o dom de observar não apenas o óbvio dos lugares, mas os detalhes das pessoas e paisagens. Isso é aproveitar bem a vida!
    É mesmo irônico saber que atendentes de um restaurante num templo budista comportam-se com tanta impaciência, bem como em relação às monjas mal humoradas. Talvez elas, que vivem nesse lugar tão belo, não consigam, como vc, enxergar e aproveitar as belezas dele.
    Mas como vivemos num mundo onde caos e harmonia convivem, há muitas pessoas erradas nos lugares certos, e vice versa.
    Um grande abraço! Um lindo final de semana com muita comida gostosa e alegria.
    Bíndi e Ghost

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, todo o ocorrido não estragou o meu almoço e, nem tampouco, o dia. Porque eu entendo que viver é assim mesmo, nem tudo acontece bonitinho. Graças, que não fico irritada facilmente! Esta é uma das coisitas que mais gosto na minha pessoa. E, naquele dia, no restaurante do templo, eu estava mesmo me divertindo com a situação ahaha, pra que colocar a irritação a frente, não?
      Na verdade, acho que era a pessoa certa no lugar certo, se me entende! Isso já aconteceu comigo, de estar no local certo, para exercitar o que eu tinha que entender.
      Um beijo e muitos dias felizes.

      Excluir
  17. Glorinha, querida, já estava com saudade...
    Tenho andado numa lufa lufa.
    A minha filhota a arrastar-me para as caminhadas, de manhã, à tarde para a praia, preparar as coisas para as férias... se me apanho lá nem acredito.
    Não quis ir-me embora sem me despedir. Não li este post que me parece excelente. Quando regressar (ou se tiver oportunidade num intervalo das férias) virei ler e comentar...
    Até lá... deixo um abraço do tamanho do oceano que nos separa (e montes de saudades...)

    Como habitualmente vou ausentar-me durante Agosto e Setembro. Não queria fazê-lo sem me despedir…
    Logo à tarde embarco numa viagem de sete horas (com escala…) para uma praia paradisíaca. No regresso ao blog, em Setembro, publicarei fotos - espero!
    Deixarei programadas três postagens, a primeira das quais para o próximo dia 6. As restantes têm lá as datas anunciadas.

    Bom Fim-de-semana
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mariazita, querida amiga!
      Que delícia a praia paradisíaca! Viajar é uma das melhores coisas da vida, uma nutrição para alma, por completo.
      Agradeço o carinho, Mariazita, já estive pelo teu blog. Por lá, uma história envolvente, em capítulos, como eu gosto.
      Eu também estou ocupada com as caminhadas, mas prefiro fazer a tarde.
      Espero ver as fotos, com gosto.
      Boas férias, bella! Beijinhos.

      Excluir
  18. Fantástica reportagem, Maria da Glória.
    Desejo-lhe um dia feliz.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nina, olá!
      Obrigado querida, beijos, com um mar de dias felizes.

      Excluir
  19. Olá Maria
    Quem te viu pensou que estava chorando por causa da pimenta, cada
    história que a gente passa ´e bom saber para não arriscar nenhum molho
    se eu for.
    bjs

    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simone, olá!
      Mas eu estava lacrimejando por causa da pimenta ahaha. A tal atendente nada me tirou do sério, nada me irritou ahaha. O molho era imensamente picante, olhe que eu gosto de sabores picantes, mas como aquele molho, nossa!
      É que eu achei que por ser um restaurante vegetariano, os sabores seriam mais delicados. Que nada, muita pimenta.
      Beijos querida.

      Excluir
  20. Que maravilha de passeio minha amiga gostei bastante do templo bem como dos jardins.
    Um abraço e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado amigo, foi um dia diferente e muito agradável, mesmo com as pimentas.
      Beijinho.

      Excluir
  21. Só para dizer
    que temos sol e 40º até à noite
    suamos as estopinhas
    nos calores de todos os sovacos e cantarinhas...
    Ai Ai
    que até parece a Toscânia de outros tempos.

    Beijinhos e sorriso presente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aqui, João, esfriou por estes dias. Mas já estamos em agosto e mês que vem, a primavera, com as flores. Apesar, que eu gosto de um tempinho mais fresco.
      Beijinhos.

      Excluir
  22. It's a great place for a holiday! Thank you for sharing your fantastic photos!
    Greetings :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hello Ela!
      A peaceful place, great to rest.
      Thank you, kisses and happy days.

      Excluir
  23. Passando por aqui, só agora, que tive um pouco mais de disponibilidade... Limpezas e arrumações... que este inverno foi tremendamente húmido por aqui... ficando ainda algumas coisinhas ainda por fazer quando retornar...
    A piada... é que deverei ter tarefa muito idêntica, para onde estou indo... por ser uma casa junto ao mar... mas será feito nas calmas... :-D
    Antes de mais, meus parabéns à Rosélia... um pouquinho atrasados, que deve ter adorado, esta homenagem maravilhosa.
    Fiquei maravilhada com sua postagem, Gloria!
    As imagens estão incríveis... e nem me passaria pela cabeça, que não fossem na China, mesmo!
    O facto de os chineses serem muito sérios, faz parte da sua cultura... penso que associarão o sorriso e a alegria, a fraqueza de espírito...
    Li numa reportagem, há algum tempo, que determinadas forças policiais, na China, estariam sendo ensinadas a sorrir, mordendo um lápis... para tornarem mais cordiais, os contactos com turistas ocidentais, que necessitassem dos seus serviços...
    Continue fotografando, Glória! Pois leva jeito mesmo!...
    Deixando um beijo, e um abraço bem apertado... Esta semana, o meu tempo, na Net será mais reduzido, e no próximo final de semana, estou indo então, para o meu cantinho à beira mar...
    Levarei portátil, mas os primeiros dias serão para relax total, e só deverei começar postando lá mais para o final do mês e visitando os blogs aos pouquinhos... só mesmo em meados de Outubro... quando o bom tempo terminar, por aqui... aí sim, voltarei aos blogues mais assiduamente...
    Gosto muito de aproveitar os dias ainda soalheiros de Setembro, e os seus pores de Sol... além de que são dias bem mais calmos, para onde vou... já sem o bulício constante dos turistas...
    Tudo de bom, por aí, para você e todos os seus! Até breve, Gloria!
    Beijinhos
    Ana

    Imensamente grata pela imensa simpatia das suas visitas, por lá no meu canto... que a pressa destes dias não me permitiu corresponder, conforme deveria...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana, querida amiga!
      Então, chegaram as férias, é hora de descanso e divertimento. Depois, quando do retorno, arruma-se o que faltou. Temos mesmo muitas coisas para arrumar, toma tempo. Mas lá, perto do mar, vai-se ajeitando tudo aos poucos, sem pressa.
      A Rosélia é a delicadeza e gentlleza em forma humana, assim como você, querida Ana. Ambas merecem muitas hortênsias.
      Feliz que gostou da postagem. O local é todo a China, por completo, mesmo não conhecendo o país.
      Olhe, pelo que disseste, pode ser bem verdade, por considerarem fraqueza de espírito. Apesar, que profissionalmente, tive muito contato com chineses, entre eles, são muito alegres, riem muito e falam extremamente alto. Os italianos não chegam nada perto :)
      Mordendo um lápis? Olhe só, que coisa mais interessante, enquanto que aqui, os brasileiros, riem até demais ahaha.
      Gostoso ouvir de tu Ana, que devo continuar com as fotos. Vindo de tu, sinto-me feliz! Claro!
      Espero que tenhas ótimas férias, relaxadas, felizes e tranquilas.
      Até breve Ana, esperando pelas magníficas fotos.

      Excluir
    2. Boa tarde, queridas!
      Ana, obrigada pelo seu carinho no comentário e adorei sim.... não poderia ser diferente... são os pequenos gestos na blogosfera que nos incentivam a perseverarmos felizes e entusiasmadas...
      Bjm muito fraterno às duas

      Excluir
    3. Rosélia, beijos querida! Mais uma vez, ótima semana.

      Excluir
  24. Glorinha, querida amiga!

    Espero k estejas bem, com esse inverno maravilhoso, fresquinho, como tu gostas. Eu estou excelente, pke a temperatura tem andado perto dos 40ºg. Sou "louca", pois! Hoje, me convidaram para ir à praia. Fiquei olhando a pessoa, mas tive de ser sincera, lhe dizendo k não gosto de praia, nem mar, nem piscina, nem, nem. A pessoa pasmou, pke não conhece ninguém k não goste de mar. Ah, como eu gosto de ser exceção à regra!

    Meu sábado tem sido de limpezas, pke se em tempo normal, já as faço, então com obras, nem te conto, mas 2ª feira, o carrossel continua - rs.

    Tenho de ser sincera contigo, tb. Olha, o link k me enviaste não abriu e depois até escrevi ele, mas nem assim abriu. Perguntei a dois amigos a razão e me disseram k não tenho o youtube ativado, pra receber esse tipo de coisas, nem outras funcionalidades. Contudo, não baixei os braços e fui ver imagens de rosas colombianas, predominante vermelhas. Que lindas, sumptuosas, mesmo! Sem grilo, minina, pke já coloquei o bouquet numa jarra de cristal, é mesmo de cristal, na sala de vistas e ficam uma belezura. Beijei e abracei uma delas, como se o tivesse fazendo a ti. AMEI O PRESENTE, AMEI! MTO OBRIGADA, GLORINHA!

    E como fiquei mto entusiasmada, fui ouvir música francesa, pra completar o pack - risos - Ah, que delícia. La tendresse - Mireille Mathieu. Que c' est bon!

    Beijinhos e boas olimpíadas, com desempenho brilhante e sobretudo civismo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Céu, olá amore!

      Quando vou a praia, gosto de caminhar nos finais de tarde, com pouco sol. Eu gosto de sol, mas não gosto de me queimar no sol. E, sempre fico em uma barraca a beira da praia, debaixo de um potente guarda-sol, com um bebidinha gelada, alguns comes, boa conversa e nunca com a areia no corpo, não gosto ahaha. Também tenho o meu lado fofura chata.

      Quando fiz reforma aqui em casa, não foi fácil. Mas é preciso, depois tudo passa e fica limpinho e belo.

      Sabia que iria gostar das famosas colombianas, são muito preciosas, grandes, flores muito especiais. Feliz que gostou.

      Não sabia! Também tu gostas de música francesa? Eu adoro e fico a ouvir quase o dia inteiro. Estou ouvindo no youtube La Tendresse, realmente sublime. Adoro Rina Ketty em J'attendrai, fico ouvindo por horas a música francesa dos anos 20, 30... très bon.

      As olimpíadas estão indo bem, com uma belíssima abertura. Pelo menos passou em esquecimento a abertura da copa do mundo, aqui no Brasil, que mais parecia a festinha infantil do filho de 3 anos, no maternal. Não há um espírito forte, de alegria, por aqui, pelas olimpíadas. O país está um caos, essa é a verdade e, atualmente, somos um povo desencantado. Mas vai passar. A TV mostra o que quer, do interesse, não mostra a realidade.

      Beijocas Céu!

      Excluir
    2. Tb eu. Adoro calma e me passear qdo já quase não há ninguém na praia. Me sinto em terra. Sabe?

      As obras estão a meio caminho, mas há k ter paciência. Os homi foram almoçar e eu estou aproveitando esse tempinho para conversar contigo.

      Já estou bem a nível do estômago e intestinos. Como sempre, minha comida é frugal e a meu jeito.

      Visitei alg. cidades em Espanha, k até já conhecia, mas o calor, me deixou prostrada. Histórias, sempre há, né, umas mto agradáveis e outras, menos.

      Adoro lábios vermelhos, argolas, rosas vermelhas, a palavra amante e música francesa. Hoje, ainda, à noite, vou escutar essa cantora, k não conheço.

      Estou farta de Olimpíadas e de desporto, copas e mais copas, em geral. Tanta coisa pra solucionar, para ajudar, pra fazer, para dar uma vida satisfatória às pessoas e os senhores desse mundo, se perdem em devaneios, em coisas com tão pouca importância!

      Teu filho é lindo, reafirmo, bem mais bonito k Juliana. Desculpa, mas eu sou mto sincera. Tua neta é uma fofurinha e tem porte.

      Vou comer uma sopinha, canja, e maçã assada. Queres? Dá para nós duas.

      Beijos e abraços.

      Excluir
    3. Ahhh, não! Vá lá, olhe bem, Céu, não há sorriso e rosto mais encantador e lindo do que o da Juliana, minha norinha. A melhor norinha, que uma sogra já pode ter na vida! Eu tenho, ela é a Juliana, e de tão linda, gestou a mais bela sementinha, provinda do mais belo filhote, meu Bruno, de onde nasceu a mais bela netinha, a minha principessa Mariana! Também sou sincera... hahahah!

      Só uma mãe (Juliana) pai (Bruno) e nonna (Euzinha) tão belos, poderiam ter uma filha e neta (Principessa Mariana) tão bela e super simpática... ahahah

      Quanto a sua viagem, no verão, eu entendo bem, sempre procuro evitar viajar nesta época. Primavera, eu prefiro. Também, costume me sentir enjoada, molenga, desanimada.

      Beijinho Céu e uma boa noite.

      Excluir
  25. Agora quero ir conhecer o Templo.
    Muito lindo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Alzira!
      Pois deve ir, certamente. O local é lindo e muito tranquilo. Um passeio bem diferente.
      Beijocas.

      Excluir
  26. Respostas
    1. Olá Lady Fi!
      Muito obrigado, beijos e dias felizes.

      Excluir
  27. Bom dia Maria da Glória,
    Que templo lindo! Nunca visitei um templo budista e achei esse maravilhoso.
    A paisagem envolvente é lindíssima!
    No Bombarral em Portugal existe o Jardim do Buda Eden muito lindo também, mas não tem templo.
    Tem historia interessante e vou deixar-lhe o link: http://www.visitcentrodeportugal.com.pt/pt/buddha-eden-garden/
    Sobre as comidas picantes posso imaginar o fogo que sentiu dentro da sua boca;))! Acabei por sorrir. Em criança tive uma situação semelhante por ter comido indevidamente um pouco de pimentão muitíssimo picante. Tinha apenas cinco anos e foi um horror,))!!
    Beijinhos, amiga, e continuação de um bom domingo.
    Ailime

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ailime, olá! Boa tarde!
      A atmosfera de um templo budista é muito tranquila, eu aprecio muitíssimo. Um passeio que vale a pena.
      Acessei o link que sugeriu e fiquei fascinada pela beleza do local, além de atalhos para outros tantos locais e temas interessantíssimos. Gostaria imenso de conhecer, sem dúvida.
      É, lacrimejei de tanta ardência ahahaha.
      Beijinho Ailime, dias felizes.

      Excluir
  28. So beautiful place and lovely photos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thank you, happy with your visit on my blog. Kisses and happy days.

      Excluir
  29. Querida Maria Gloria, que delícia ler seus posts!
    Visitei o Templo Zulai já há alguns anos e seu relato me fez querer voltar (mas sem experimentar a pimenta! rs).
    Um beijo carinhoso com desejos de uma linda semana,
    Ana Christ

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olhe, a pimenta foi um caso engraçado, lacrimejante e ardido. Mas, em menor quantidade, eu ainda que gosto.
      Beijocas.

      Excluir
  30. Te dejo mi blog de poesia por si quieres criticar gracias.
    Me gusta mucho el tuyo.
    http://anna-historias.blogspot.com.es

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anna, olá!
      Agradecida pelo convite.
      Deixei algumas palavrinhas por lá, besos querida!

      Excluir
  31. Nossa! que belas as imagens adorei as estátuas
    como são lindas...
    k pensei que num templo Budista até os atendentes seríam zen k;
    Custei a entender que até mesmo os belos jardins tem a outra face;
    O ser humano é meio esquisito mesmo...
    Sobre os sorrisos... acho que é por muitas restrições... elas nem percebem... que coisa
    estranha né?
    Boa continuação de semana.
    janicce.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu concordo com você, Janicce, acho mesmo que eles nem percebem. É uma questão cultural, que nos choca, pois somos um povo sorridente, alegre, rimos pelos cantos, e falamos com todos. Coisas que não ocorrem em alguns países. Mas temos que respeitar, já que estamos no espaço deles. Eu não criei caso, achei que não valeria apena, mas resolvi a minha questão, pegando um prato da pilha, mesmo com a atendente falando de cara feia ahaha.
      Sobre condutas desidentificadas com locais espiritualizados, a mim, não choca mais. Já vi tantas, que acho até normal, pois são locais formados por seres humanos e ponto. Mesmo que se classificam como iluminados, mas... a história mostra outras coisitas.
      Beijocas Janicce, querida!

      Excluir
  32. Deixo os desejos de um resto de Semana feliz
    de aqui dos Calhaus fumegantes de Portugal...~_````````´

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Joãozinho!
      O mesmo, eu desejo, para um resto de semana feliz, por aí, na terra do sol escaldante, para mais de 40'.
      Beijocas.

      Excluir
  33. This Tempel looks very lovely.
    Have a nice day.

    ResponderExcluir
  34. Um miminho tão pleno de amizade para a Rosélia, lindo gesto!
    Adorei viajar hoje consigo, esse local é espetacular, obrigado pela partilha.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria, olá!
      Feliz que gostou, um beijinho e ótimo final de semana.

      Excluir
    2. Boa Tarde,queridas Maria e Glória!
      Estar aqui e receber tanto carinho é uma honra para mim e uma alegria imensa...
      Bjm muito fratenro às duas

      Excluir
    3. Rosélia, bella!
      Beijocas e ótima semana.

      Excluir
  35. Não conhecia o templo e gostei de conhecer através do post

    ResponderExcluir
  36. Olá querida,fiquei encantada com o jardim...tão bonito.
    Um feliz final de semana,beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querida Patrícia!
      Fiquei feliz que gostou, um beijo e ótimo final de semana.

      Excluir
  37. Olá, que lugar lindo. Eu ia amar esse restaurante, adoro fritura e pimenta.
    Bjos
    tenha um ótimo fim de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahahaha... mas aqui, cozinha chinesa, a quantidade de pimenta é imensa! Tira completamente a possibilidade de sentir o sabor da comida. Eu também gosto de pimenta, mas nem tanto ahaha.
      Beijos Anajá e bom final de semana.

      Excluir
  38. Respostas
    1. Um beijo querida Jennifer! Obrigado pela visita.
      Que seus dias sejam felizes e tranquilos.

      Excluir
  39. Boa tarde, cara Maria Glória!
    Quantas imagens lindas, adorei! É super bacana poder viajar sem sair do lugar e através dessas fotos, foi assim que me senti: noutro canto do mundo. :)
    Obrigada pela gentil visita e simpático comentário em meu blogue. Fico feliz em saber que meu trabalho é benquisto.
    Volte sempre que quiser, erá muito bem-vinda.
    Linda tarde pra você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gam, olá!
      Feliz por você aqui Também é sempre bem-vinda.
      Beijocas, ótima semana.

      Excluir
  40. Respostas
    1. Jennifer, olá!
      São muito belas, as esculturas.
      Beijos.

      Excluir