sábado, 13 de fevereiro de 2016

Navette - Perfumado Biscoito Provençal com a forma de um Barco





O ano era 50 depois de Cristo, as personagens eram bíblicas e navegavam sem rumo, pois foram atiradas ao mar. Dizem que não tinham remos e nem provisões.


A embarcação havia saído da Palestina e aportado milagrosamente na cidade francesa de Saintes-Marides-de-La-Mer. Seria mais uma lenda? Quem sabe!

Saintes-Maries-de-la-Mer, França - Imagem Google Imagens

Os deliciosos biscoitos conhecidos como Navettes tem a forma da embarcação que conduzia as três Marias - Jacobé, Salomé e Madalena - Marta, Lázaro e talvez outros discípulos de Jesus, todos fugiam das perseguições romanas. Dizem que quando a embarcação aportou em Saintes-Maries-de-la-Mer, todos foram recebidos por Sara, no entanto, há versões que contam sobre Sara estar na embarcação com os cristãos e também de ter sido a parteira de Maria, no nascimento de Jesus.

Dizem que Lázaro foi o primeiro bispo de Marselha e que Maria Madalena foi viver o resto de sua vida em uma gruta em Sainte-Baume, hoje um santuário e local de peregrinação cristã.


Sara é a padroeira universal venerada pelo povo cigano - clique aqui para detalhes.

Os navettes são biscoitos deliciosos e perfumados, com a forma do barco que conduziu bravamente as personagens bíblicas. São excelentes para acompanhar café, chá ou até mesmo um vinho de sobremesa.

Eu guardei os biscoitos em uma lata apropriada, e mesmo depois de terem terminado, a latinha continuou perfumada por um bom tempo.

Na receita original, os navettes são feitos com água de flor de laranja, que eu não tinha, então usei raspas da casca de laranja e flores secas de lavanda.

250 gramas de farinha de trigo
100 gramas de açúcar
25 ml de azeite de oliva
1 ovo
1 colher de sopa de cognac ou 3 colheres de sopa de água de flor de laranja
1 colher de sopa rasa de flores secas de lavanda
raspas de 1 laranja
1 pitada de sal
leite para pincelar os navettes

Bata com um fouet o ovo com o açúcar até a mistura ficar bem espumada. Junte o sal, o cognac e as raspas da casca da laranja. Misture tudo.

Devagar, junte o azeite a fio e incorpore bem. Agora entre com a farinha de trigo, em etapas, misturando a cada adição e depois com as flores secas de lavanda. Misture primeiro com a colher, depois com as mãos, até formar uma massa que desprenda das mãos. A esta altura, você já deve ter sentido os aromas que desprendem desta massa.

Enrole a massa em filme de PVC e deixe repousando na geladeira por 1 hora.

Após o descanso, ponha a bola de massa sobre uma base de trabalho. Dê uma achatada, formando um disco não muito fino. Divida o disco em 4 partes e depois em mais 4 partes. Pegue cada pedaço e molde os biscoitos em forma de barco, como nas imagem que segue, afinando as pontas. Com a ajuda de uma pequena faca, faça uma abertura no centro, sem que chegue até as pontas. Alargue um pouco a abertura e finalize moldando o barquinho ou navette.

Ajeite os barcos em uma forma com papel manteiga e pincele com leite frio, para dourar os navettes.


Leve para assar, em forno pré-aquecido a 180º, mantendo a temperatura, por aproximadamente 20 ou 30 minutos, mas ... depende do forno.

Atenção para que não fiquem muito dourados, pois podem ficar duros. Se for guardar em uma lata ou outro recipiente, espere esfriar bem e mantenha bem fechado.


A inspiração veio do 'Herve Cuisine' com uma ótima apresentação de como moldar os biscoitos, acesse aqui o vídeo. Eu fiz meia receita.

Ciao bella gente!                  




24 comentários:

  1. Hmmmm,Hmmmm e mais hmmmmm,rs.... Receitas, história, fotos lindas! O que mais precisamos? Comer essas coisinhas bopas,rs bjs, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então sente aqui comigo, chama o Kikolino e vamos tomar um café com navettes!

      Excluir
  2. Oi Maria, vim aqui conhecer seu blog e ja estou adorando! Nao conhecia estes biscoitos, parecem deliciosos! Ja te adicionei nos meus preferidos ;) um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gabriela, agradeço pela visita, um prazer ter você aqui.
      Os navettes são mesmo deliciosos, além de muito perfumados.
      Um beijo querida.

      Excluir
  3. Um biscoito que eu desconhecia... e como sempre... um prazer imenso, ficar sabendo todo o historial, por trás do mesmo!...
    De aspecto delicioso, Gloria!... Com ingredientes bem fáceis de achar e usar... pois mais uma receita, para ficar de olho... e experimentar, qualquer dia...
    Sempre gostoso, passar por aqui... :-D
    Um beijo imenso! Desejando-lhe um feliz fim de semana!...
    Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana, boa noite. Já estava pensando em você por estes dias. Ando organizando a vida pelos dias a correr, além da rotina.
      Os navettes são imperdíveis, um mimo de verdade.
      Beijo amore.

      Excluir
  4. Boa Tarde, querida Mara da Glória!
    Que bom passar por aqui e ver tanta formosura reunida!
    Copiei a receita... gostei muito!
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Roselia, boa noite!
      Feliz em recebê-la aqui. Sim, estes biscoitinhos são mesmo deliciosos, perfumados, excelentes para um chá ou cafezinho. Pode fazer e depois me fale.
      Beijinhos querida.

      Excluir
  5. Olá, "minina" fugitiva!

    Que é feito de você, bambinita? Algum problema ou necessidade de afastamento, de ter seu espaço? Eu entendo, mas senti sua falta no anterior post.

    Dizer que gosto dos teus posts é pouco, pke se tu visses, se tu pudesses ver o meu rosto, o entusiasmo e a alegria com que os vou lendo e descobrindo tudo o que tão deliciosamente escreves, ficarias muito feliz, decerto, mas sinto a tua falta, sinceramente falando.

    És tão inteligente, capacitada e doce. Tudo junto, imagina!

    Que delícia, devem ser estes biscoitinhos! Contudo, o que mais me interessa em tuas publicações não é a culinária, mas antes a tua "arte e engenho" de conseguires, tão linda e perfeitamente, a união do prazer da boca com a ligação ao cérebro, à História.

    E as estrelinhas, bem, não sei se são estrelas, mas são parecidas, vão caindo em minhas mãos, como k afagando-as. Me sinto bem, aqui, em teu espaço!

    Comi com os olhos e todos os outros sentidos a história das santas, aqui, referida. E Sara, a escrava cigana, me fascinou, aliás, eu tenho um apreço muito especial pelo povo cigano. É uma cultura fantástica! Mentem? Eu sei k sim. E por que mentem e trapaceiam, já pensaram?

    Estive vendo aquele link que aqui tu nos indicas e adorei saber coisas da pequena cidade de Saintes-Maries-de-la-Mer, que se Deus quiser hei de conhecer. Tanta História apra conhecer e "beber"!

    Estou de "barriga" e mente repletas de encantamento! Obrigada, Maria Gloria, por me teres proporcionado momentos tão lindos e saborosos!

    Se sente, aqui, pertinho de mim, querida! Vamos tomar um chá ou café e degustar uns navettinhos. Está tudo pronto!

    Beijos, sorrisos e flores para enfeitarem teus dias e noites.

    Ciao, até BREVE!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem hesitar eu já me sentei, bem ao teu lado, vou de café com biscoitos mas, especialmente, da tua boa conversa, que tanto eu gosto.
      Céu, muito obrigado por tuas palavras, me fazem tão bem ouví-las ... será que já conheço a tua voz?
      Um bejo caíssima!

      Excluir
  6. Passando novamente, por aqui, Gloria, só para dizer que deixei uma pequenina distinção, lá no meu canto, para o seu espectacular blog!...
    Beijinhos! Tudo de bom por aí!...
    Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana minha querida, já naveguei deliciosamente pelas águas do Art and Kits e fiquei muito feliz com a distinção ao Fare la Scarpetta, sintí-me muito honrada, principal motivo, ter vindo de você, que estimo tanto, incluindo as tuas postagens, poemas, pensamentos, reflexões.
      Muitíssimo obrigado Ana, de coração!
      Beijos.

      Excluir
  7. oi, bambinita, querida

    vamo s lá, minina. tudo em cima, Glorinha.

    olha, minha mão dta não está nada bem. não posso escrever.

    as tuas melhoras.

    beijinhos, bacci.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi meu amor, tenho pensado muito em você, na tua mãozinha. Pois é, estamos nós duas aqui em condições muito parecidas ... afinidades? Ahhhh sim, eu acredito. Vamos então cuidar do que deve ser cuidado e tudo passará. É assim.
      Eu vibro pela tua melhora meu amor e fiquemos absolutamente tranquilas, pois retornaremos as atividades normais brevemente, com muita saúde e serenidade.
      Aguardo pelas tuas escritas, teus pormas e inspirações da melhor e elevada qualidade. Eu aprecio com o coração cada uma das tuas postagens.
      Mais beijocas Céu!

      Excluir
  8. Passando só para deixar um beijinho, desejar bom fim de semana... e esperar que já se encontre recuperando, Glória!...
    Que coisa aborrecida, isso... mas agora certamente é uma questão de tempo, até recuperar totalmente...
    Beijinho! Rápidas melhoras!
    Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana, como já te disse no teu cantinho, estou melhorando e em breve, tudo estará tranquilo.
      Mas eu quero agradecer novamente pelo teu apoio e carinho, sempre minha querida.
      Muitos outros beijos!

      Excluir
  9. Boa tarde, convidativa receita para saborear os biscoitos, votos que a sua recuperação seja rápida.
    AG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Antonio e uma boa noite, aqui são 20:40.
      Estou melhorando sim e fico feliz que tenha gostado dos biscoitinhos navettes.
      Abraço amigo!

      Excluir
  10. Vim agradecer e dizer que fiquei feliz em te ver novamente lá! Agora falta mais aqui,rs...beijos, tuuuudo de bom,fica bem! chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha querida Chica, eu que agradeço pelo teu apoio e carinho, me faz tão feliz a tua presença aqui comigo e com nossos amigos!
      Gosto tanto de navegar pelas águas dos teus blogs e de ler as tuas reflexões combinadas com belas fotos!
      Estou bem melhor, logo estarei completamente recuperada e retornarei as postagens que tanto gosto.
      Um beijo amore mio!

      Excluir
  11. olá, bambinita, querida,

    fiquei mto feliz pela tua visita e palavras k sempre me soam a pouco. escreves mto bem, no aspeto sintático e morfológico do texto e encadeias, perfeitamente, as ideias k desejas expressar.

    graças a Deus k te estás sentindo melhor e k a tua vida vai, pouco a pouco, voltando ao ritmo normal. a doença pra chegar é rápida, mas pra partir, é lenta, infelizmente.

    o nosso sistema imunológico precisa de ser reforçado, sim. o meu é um esquisitão, k a mínima coisa se sente incomodado. me cuido mto. verdade. tem de ser.

    a alimentação é igualmente mto importante no nosso bem estar e saúde, pke nós somos aquilo k comemos. eu tenho bastante cuidado com os alimentos, embora, e de vez em qdo, faça disparates. não como fritos há mto tempo e praticamente me alimento de cozidos e grelhados. não suporto nem gosto de comidas bem pesadas, como feijoada, enchidos, etc.
    adoro chá, de qualquer planta, e amo comer torradas com creme de barrar vegetal magro.

    de altura, eu tenho 1,56 bem medidos, sou para o pequenino, e acho até que me estiquei demais, enquanto o funcionário me estava medindo, enganando o sistema, quando fui fazer cartão de cidadão, que veio substituir o BI. achei a ideia bem legal e mto útil, pke num só cartão existe um montão de dados nossos, desde o SNS - serviço nacional de saúde, aí SUS , creio, até outros dados importantes a nosso respeito.
    bem, aí, e como o novo ministro chefe da presidência, que é dignamente sério - que vergonha - talvez apareça um cartão com os vossos dados todos, mas não com os dele, pke ele não tem passado, nem presente, nem futuro. estou falando do senhor José Inácio da Silva, mais conhecido por Lula, que nem pra comer, entre aspas, presta.
    CORRUPÇÃO A VISTA DE VOCES E DE TODO O MUNDO.

    mas, voltando a minha altura, te digo k no tempo em k frequentava a faculdade, aos 20 anos, mais ou menos, pesava 65 Kg e agora que os entas se fazem sentir, peso 68, portanto, e segundo a nutricionista, estou de parabéns.

    qto a minha mão dta, ela já foi operada e sofria de contratura de Dupuytren, algo semelhante a uma inflamação nos tendões da mão. fiz 60 sessões de fisioterapia, com algum sossego, mas deveria ter abrandado com a escrita, por conselho médico, k não segui. adoro escrever e por vezes fico espantada como há gente que em duas frases consegue resumir e comentar um post.
    havia duas coisas que o cirurgião tinha de fazer na minha mão, mas só fez uma. a outra esqueceu. é verdade. e olha que tem quase 70 anos e mta experiencia. esqueceu de soltar o tendão que tem a ver com o dedo anelar, que tanto me doía e dói, portanto, meu dedo está um pouquinho curvado e engatilha com facilidade. resumindo, ele já pediu desculpas e depois da Páscoa, irei ser, de novo, submetida a outra cirurgia.
    claro k a recuperação se fará, agora, mto mais lentamente do k antes, pke eu já tenho alguma mobilidade nos dedos, menos o anelar, da mão dta.
    depois, terei de fazer mto fisioterapia, incluindo laser.

    VIRGEM SANTÍSSIMA, SÓ FALO DE DOENÇAS. VAMOS MAS É PENSAR EM IR DANÇAR UM POUCO, CANTAR, SEI LÁ, ALGO K NOS MOVIMENTE CORPO E ALMA.

    minha linda minina, desculpa minha falta de maiúsculas, de sinais de pontuação, mas só posso usar a mão esquerda. que desatino, nem te falo.

    na próxima 2 feira, dia 21, se comemora o Dia Mundial da Poesia e eu penso postar. o poema k é longo, irá ser passado para o meu blog por uma amiga minha. estou dando os últimos retoques nele e depois de tu o leres, até te vais rir e fazer ligações com o problema da minha mão. qdo o comecei a escrever, nem pensei nisso, mas que se podem fazer associações, por brincadeira, ah, isso podem.

    minha queridinha, te desejo um dia calmo, alvo e luminoso.

    beijinhos e abracinhos, de core.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois cara Céu, eu gostei muito de ler o que escreveste neste comentário, pois queria mesmo ter detalhes da tua mão. Tu vais ficar ótima, maravilhosa como sempre foi e é, muito saudável e vibrando alegrias para todos os cantos.
      Quanto ao médico nem sei o que falar, realmente lamentável, mas aqui no nosso país isso é bem comum, especialmente no serviço médico público, como você bem reconheceu de SUS, de péssima qualidade.
      Parabéns pelo seu peso e altura assim nos enta, está muito bem! Que assim seja.
      Quanto ao Lula, este é um caso muito sério aqui, estamos mesmo em um momneto muito difìcil em todos os sentidos no país, há muita revolta. O clima está tenso! Mas isso também vai passar.
      Dia 21 te farei uma visita, senão no dia seguinte e agradeço pelo aviso, foi bom saber.
      Até mais ver ... e mais beijos.

      Excluir
  12. Nossa... tanto k eu escrevi, mas mesmo assim me esqueci de te agradecer os parabéns a propósito do aniversário do meu blog. é verdade, um aninho. tem mto ainda k aprender, tal como sua criadora, que é insatisfeita naquilo k faz, concebe, por natureza.

    tanto desconhecimento e imperfeição, ainda...

    bacci, bacci.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas é assim que construímos cada vez melhor, minha cara Céu, aparando as inperfeições. Fazemos com muito gosto, com amor, há felicidade na nossa escrita. Eu gosto dessas águas poéticas, reveladoras, inspiradoras, imperfeitas ou perfeitas, todas são especiais.
      Mais uma vez parabéns pelo ter blog, e com votos de vida longa!
      Abraço forte Céu!

      Excluir