quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Carbonade Flamande - Carne Bovina Cozida Lentamente na Cerveja Belga





Carbonade Flamande é um prato típico da Bélgica, com carne bovina cozida lentamente na cerveja, com tomilho, cebola, açúcar mascavo, canela e noz-moscada. 

Fatias de pão da campagna ou pão rústico, com uma camada generosa de mostarda de Dijon são dispostas por cima da carne e tudo é cozido lentamente na cerveja belga. 

Este cozido pode ser acompanhado de batatas fritas ou cozidas, ou até mesmo purê. 

Mas fica maravilhoso com fusilli, bem envolvido pelo molho denso, muito saboroso e aromático! 

O pão que eu usei nesta receita é caseiro - receita aqui.  



Cortei em cubos grandes 800 gramas de peito bovino e temperei de véspera com:

1 dente de alho grande amassado
1 ramo pequeno de alecrim, piquei as folhinhas com os dedos
Pimenta preta ralada na hora
2 colheres de sopa de aceto balsâmico, aproximadamente
1 colher de sopa de vinagre de vinho branco

Misturei, tampei a vasilha e levei para a geladeira até o dia seguinte. Mas esta é uma etapa que é opcional, por minha conta e risco. Gosto de marinar carnes de véspera. 


No dia seguinte, levei uma panela ao fogo, com um colher de manteiga e um fio e azeite. E assim dourei os cubos de carne, reservando o suco da marinada. Fiz esta operação em duas etapas, para selar a carne, sem juntar água. 

Com a panela no fogo, tirei os cubos de carne e reservei. Adicionei 3 cebolas cortadas em meia-lua. Misturei bem com a gordura da panela e juntei 1 colher de sopa de açúcar mascavo, folhas de tomilho e 1 colher de chá rasa de canela. 

Misturei tudo até as cebolas estarem carameladas pelo açúcar, quando juntei os cubos de carne reservados. Continuei mexendo e acariciando o cozido. 

Agora eu salguei e apimentei a mistura da carne com as cebolas e as especiarias. Abaixei o fogo, no mínimo e cortei 2 ou 3 fatias de pão rústico. Passei com a colher, uma generosa camada de mostarda de Dijon em cada fatia e arrumei todas por cima do cozido, com a parte da mostarda virada para baixo.

Reguei por cima do cozido com as fatias de pão, 1 litro de cerveja clara encorpada, tipo Ale e juntei todo o líquido da marinada. Ajeitei tudo com a colher e tampei a panela. Segui com o cozimento lento, fogo bem baixo, cuidando para que não grude no fundo da panela. 

O tempo de cozimento pode variar de 2 ou 4 horas, depende do tipo de carne. 

Caso o líquido comece a secar com a carne ainda durinha, junte mais cerveja ou água.  


Quando estiver bem macia, pode desligar a chama do fogão. Aproveite para ralar um pouco de noz-moscada por cima do cozido. Misture e tampe a panela. Deixe descansar uns 5/10 minutos e pode servir.

A inspiração veio do 'platdujour.com.br' - Gastronomia Francesa, pela simpática Uiara. 


Bon Appétit!


Em outro dia, eu fiz com cubos de filé mignon suíno. Igualmente deliciosa! 


Em outro dia, fiz com cerveja preta, sem marinar a carne bovina. 
Um espetáculo!





6 comentários:

  1. ... esta receita é uma verdadeira delícia, recomendo que todos que passarem os olhos por ela, à executem. Um beijo Maria Glória.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Guido, hoje lembrei de você.
      Com a temperatura esfriando, eu não perdi a oportunidade de fazer, mas com carne suína.
      Beijo!

      Excluir
  2. Que simpatia... Já estou seguindo a Uiara.
    Adoro receitas práticas e vou aguardar a receita do pão.
    Essa carne está para atiçar paladares e já imagino a suculência desse molho!
    :)
    Beijus,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A receita do pão já publicada Luma.
      Lá em cima, junto a foto do pão, você vai achar o atalho.
      Beijinhos amore.

      Excluir
  3. Minha querida Maria Glória!
    Essa receita é daquelas que faz a nutrição começar bem antes da alimentação! Nutre a alma, atiça as memórias de infância, e de outros tempos imemoriais também!
    Um dia irei fazer com certeza.
    Um beijo grande

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anam Cara, eu faço pra você!
      Com amor, um beijo!

      Excluir