quarta-feira, 28 de maio de 2014

Cebolinhas Carameladas





Era uma tarde de verão e eu fazia alguns pratos para um jantar especial e entre tantas atenções, detalhes e finalizações, eu não fotografei as cebolinhas dispostas em um prato de servir. Esqueci! 

Na foto acima, as cebolinhas estão na panela, prontinhas. Acompanharam um pedaço de pernil suíno, assado com alecrim. São divinamente deliciosas!   


20 cebolinhas descascadas 
50 ml de mel
40 gramas de manteiga sem sal
1 dose de cognac
1 pitada de sal 

Frite as cebolinhas na manteiga até ficarem macias, em fogo médio. 

Junte o mel e misture, depois o cognac, sempre misturando. Salgue, apenas uma pitada. Em fogo mínimo cozinhe, tampada, por alguns minutos, até engrossar o molho de mel, mexendo de vez em quando. 

Espere esfriar um pouco e siva como acompanhamento de carnes assadas, como porco ou frango defumado, por exemplo. Combina muito bem com tender.  


Em Riomaggiore, Cinque Terre, é assim, a vida passa devagar, e a pennichella (descanso ou sono da tarde) segue, sem presa...















Na foto abaixo, La Via dell'Amore, o caminho que liga Riomaggiore a Manarola.


Foto by Google Imagens 




3 comentários:

  1. Querida Glorinha, adorei essas cebolinhas carameladas! Já fiz batatas carameladas, foi um sucesso!!! Cozinhei as batatas normais,com sal e não muito moles, e depois caramelei, ficou show! Farei as tuas cebolinhas...
    Beijinho, um feliz feriadão, brasileiro adora emendar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E estas cebolinhas são deliciosas. As batatinhas, nuca fiz. Farei! Beijocas.

      Excluir
  2. Bom dia minha amiga!

    Que passeio gostoso!!!
    Isso é qualidade de vida... é curtir o melhor que temos - o tempo de vida.
    Fico encantada com essas simplicidades, curto muito tudo isso. Acho que o mais difícil é ter equilíbrio na vida entre o viver, o trabalhar e tantas outras coisas.
    Quando entro aqui no seu cantinho é como se eu passasse uma porta e ficasse batendo um papo... tipo tirar o pé do acelerador, acalmar o coração, sabe? Tenho sentido muita falta disso pq estou muito acelerada e sei que isso não é bom...
    Mas é isso amiga...

    Eu não sou fã de alho e não como cebola pura assim, mas estas pareceram gostosas... qualquer hora vou provar.

    Abraços esmagadores e dias felizes.

    ResponderExcluir